Busca

Viajar com cachorroOs cães já se tornaram membros da família em um grande número de lares brasileiros e hoje é muito comum que eles viajem junto com os seus donos. Porém, é importante ficar atento a algumas dicas. A primeira delas é a respeito do local onde irá se hospedar. Independente de ser hotel, casa, pousada, camping ou apartamento, é importante que você pergunte antes se são aceitos animais de estimação.

Se a viagem for de carro, é importante que o cão seja transportado em caixas de transporte apropriadas, que podem ser encontradas em pet shops. Se preferir não usar a caixa, o cão pode ser transportado no banco de trás do veículo, desde que seja usado um cinto de segurança próprio para cães. Pode parecer exagero, mas essas recomendações estão previstas no Novo Código Brasileiro de Trânsito, que prevê multas e perda de pontos na carteira de habilitação caso sejam desrespeitadas.


Os cães também precisam de documentos para viajar. Caso você vá viajar pelo Brasil, o Ministério da Agricultura exige o Certificado Sanitário, com a raça, o nome, origem do animal, nome do proprietário e carteira de vacinação completa emitida por um veterinário registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária e do estado de origem.


Outra dica é escolher horários mais frescos para viajar e não alimentar o animalzinho antes da viagem, evitando assim que ele passe mal. Lembre-se que terá que fazer algumas paradas durante o caminho, para que o cão possa fazer suas necessidades biológicas, por isso escolha um posto ou algum estabelecimento mais amplo, com espaço e evite parar em acostamentos, pois o movimento dos carros pode assustá-lo.


Na hora de arrumar a bagagem do seu amigo, não esqueça a cama, a ração, recipientes para comida e água, coleira e algum brinquedo do qual ele goste, como uma bolinha.


Se a viagem for para o litoral, tome cuidado com a dirofilariose, conhecida como verme do coração. Se for para uma fazenda ou chácara, em meio a outros animais, evite as pulgas e principalmente os carrapatos, aplicando uma dose extra de antipulgas e de carrapaticida antes da viagem. Ainda assim, no final do dia, faça uma inspeção no animal para saber se está tudo bem. Antes de viajar, peça orientações ao veterinário sobre medicamentos que o cachorro pode tomar.


Saia sempre prevenido com uma sacolinha, para recolher as fezes do seu peludo, e deixe na coleira um recado com o seu telefone e endereço, caso o seu cão se perca.
Independente do lugar em que esteja, lembre-se que ninguém é obrigado a gostar do seu cachorro como você, por isso, passeie com o seu animal de estimação sempre na coleira e evite passar perto de grandes aglomerados de pessoas, escolhendo horários menos movimentados. Outra dica é não levá-lo à praia, já que é proibido por lei, e muito menos a restaurantes e shopping centers.


Depois disso, boas férias com o seu amigo!


blog comments powered by Disqus

Mais acessadas do mês

Filhote do mês

Prev Next
Mel
Ted
Phiona

Quer ver seu pet aqui? envie uma foto com a historia dele para filhotedomes@idmed.com.br




Receba nossas notícias

Nome
Email


Quem somos|Publicidade|Fale Conosco