Busca

gatoO maior evento mundial sobre gatofilia teve, pela primeira vez, vencedores brasileiros. O Fife World Cat Show aconteceu em outubro na Polônia, onde reuniu representantes de 32 países, para apresentação de cerca de 1500 gatos, considerados os melhores exemplares de cada raça para concorrer ao prêmio em sua categoria.

 

Os vencedores brasileiros ganharam o título World Winner 2011 nas categorias de Melhor Persa Macho Adulto, Bon Jovi, dos criadores Dayan Pereira e Flavia Pereira, e Melhor Maine Coon Fêmea Neutra, Triunfo Diana Ross, dos criadores Kleyne Andrade e Hugo Carvalho.

gato na competição

Cada categoria tem suas classes e divisão por idades, por exemplo: filhote de três a seis meses, filhotes de seis a 10 meses; diferem de fêmeas e machos, se são ou não castrados. Saibam quais são as categorias em que os gatos disputam:

  • Persa e Exóticos (gatos de pelo longo);
  • Maine Coon, Ragdoll, Norwegain Forest (e gatos de pelagem semi-longa);
  • Bengal, Britsh, Burmese, Cornish Rex, Sphynx (e gatos de pelo curto);
  • Siameses e Orientais;
  • Gatos domésticos (SRD – sem raça definida).

O Show Cat Mundial deste ano contou com uma infra-estrutura fantástica, o que proporcionou um espaço confortável e aconchegante durante a recepção de mais de 20 mil visitantes. Salas modernas, estandes com equipamentos adequados e uma programação destinada a apresentações, garantiram um espetáculo ao público que prestigiou o evento.

 

Nasceram para ser campeões

Um dos gatos vencedores desta competição é o gato persa importado dos Estados Unidos, em 2008, com apenas seis meses de idade. Hoje, ele está com três anos e seis meses e pesa cinco quilos e meio. Seu proprietário Dayan explica que, para um gato levar um título tão importante como o DSM (Distinguished Show Merit), ele precisa conquistar 10 Best in Show, ou seja, Melhor Gato Macho Persa. E o Bom Jovi foi 10 vezes campeão durante dois anos. "Não existe no Brasil um gato persa que tenha conquistado um título mundial como ele conquistou, é a primeira vez. Estamos muito felizes", comemora Dayan.

gato na competição

Calmo e tranquilo, Bom Jovi tem uma rotina bem agitada e tratamento de príncipe. Com dois banhos semanais, de três horas de duração, o proprietário utiliza cinco tipos de shampoo, um para desengordurar o pelo, outro para limpar a sujeira, um específico para pelagem clara, outro para dar volume e um texturizador de pelagem. Além de escovação por duas vezes ao dia.

"Sentimos um arrepio na hora de receber o Título de Melhor do Mundo. É muita responsabilidade ter uma gato destes nas mãos, pois muitos querem seus filhotes e temos que escolher às vezes, para não deixar que um criador estrague um trabalho de anos", afirma Dayan.

Com 20 gatos hoje no gatil em São Paulo (SP), Bom Jovi se destaca pelas premiações. As expectativas para os próximos concursos é conquistar o bi campeonato na Croácia em 2012 e levar outros gatos filhotes e também fêmeas para a competição. Conheça mais sobre o gatil no site www.garfielcats.com.br

Com apenas dois anos e 10 meses a gata da raça Maine Coon, Triunfo Diana Ross é campeã na categoria de Fêmeas castradas (pelos semi-longos). Vive em Santos (SP) e já tem um excelente currículo de premiações. Foi 3º lugar no ranking AMACOON de três a 10 meses em 2009 e 3º lugar no AMACOON de castrados 2011. Além de ser cinco vezes Best in Show, Maior Maine Coon do Brasil entre outras competições, agora comemora o título de campeã mundial.

Os proprietários Hugo Carvalho e Kleyne Andrade, destacam a importância da Associação, especializada da raça – AMACOON – devido o trabalho realizado com união, estudo, divulgação e criação da raça no Brasil em busca de excelência.

"O campeonato mundial Fife é a maior competição de gatos de raça do mundo desde 1995, e desde então, nunca um gato brasileiro recebera o título. Em sua categoria, que era a maior, com participação de 600 gatos, teve 50 outras oponentes fêmeas castradas e Diana destacou-se. Estamos muito felizes com o título", afirma Hugo e Kleyne.

 

gato-claro-de-perfilGato saudável tem mais chance

Para a Gerente de Produto da Linha Gato da Royal Canin do Brasil, Fernanda Marques, participar de um evento desta magnitude reforça o empenho da equipe em desenvolver a gatofilia no país, além comemorar o fornecimento de alimentos específicos para as duas raças vencedoras neste concurso, com os produtos que a empresa já possui: a Persian 30 e a Maine Coon 31.

"A Royal Canin sempre teve os criadores como parceiros muito importantes em todo o seu processo produtivo, desde a pesquisa e o desenvolvimento de alimentos para gatos. Para nós é um orgulho participar deste fato histórico na gatofilia brasileira", comenta Fernanda.

Fernanda ressalta a importância de uma nutrição balanceada para garantir saúde e longevidade ao animal. "Na maioria das vezes, os problemas de saúde estão ligados a uma alimentação desbalanceada e de baixa qualidade, por isso, o fornecimento de um alimento completo, garante que o gato receba nutrientes promovendo saúde e um funcionamento perfeito do seu organismo", destaca Fernanda.

Com uma alimentação adequada, o animal apresentará índices altos no padrão de cada raça, como peso ideal à idade, textura e brilho do pelo, vivacidade do animal, aspectos importantes na hora da avaliação do felino na competição.

 

 

Fonte: Royal Canin


blog comments powered by Disqus

Mais acessadas do mês

Filhote do mês

Prev Next
Mel
Ted
Phiona

Quer ver seu pet aqui? envie uma foto com a historia dele para filhotedomes@idmed.com.br




Receba nossas notícias

Nome
Email


Quem somos|Publicidade|Fale Conosco