cachorro comendo osso

Descubra a razão para essa preferência dos peludos

Basta mostrar um osso de longe para os cães que logo eles vêm correndo para pegá-lo, passando horas roendo e lambendo o alimento.

Mas por que cachorro gosta de osso? De onde vem essa atração irresistível? Ao olhar para o amigo de quatro patas brincalhão e companheiro, muita gente até esquece que ele descende dos grandes e selvagens caçadores lobos cinzentos.

Será que essa é a única explicação de por que cachorro gosta de osso? Descubra!

Sim, a herança genética dos cães é uma das explicações para o fascínio por ossos. Ossos são ricos em cálcio e gorduras que são essenciais para os carnívoros.

Roer osso, para cachorro, é um instinto de caça. Ao estimular os instintos de caça dos cães, você está promovendo um comportamento saudável. Além disso, dar ossos para cachorro roer traz benefícios para sua saúde dental, ajudando a prevenir a formação de tártaro e fortalecendo o maxilar e a mandíbula.

Border_Collie_
Border_Collie_

Mas cuidado! Nem todos os ossos são adequados para os cães. Evite ossos cozidos, fritos ou assados, pois podem se fragmentar e causar sérios problemas digestivos. Opte por ossos naturais crus ou opções seguras encontradas em lojas especializadas.

Ah, e não se esqueça: algumas raças são mais propensas a gostar de ossos, especialmente as caçadoras, e filhotes tendem a roer mais por causa do crescimento dos dentes. Portanto, oferecer ossos para cachorro filhote é essencial!

Agora que você já entende por que cachorro gosta de osso, que tal encontrar a melhor opção para o seu peludo? Confira a loja on-line da Petz e proporcione momentos de diversão e saúde para o seu amigo de patas.

Herança genética dos cães

Ah, os cachorros! Esses seres fofos e brincalhões que tanto amamos. Mas você já parou para se perguntar por que diabos eles adoram roer ossos? É como se tivessem uma atração irresistível por esses pedaços de osso. Será que é apenas uma herança genética dos seus ancestrais lobos cinzentos?

Bem, meus amigos, a resposta está na própria origem dos cães. Eles descendem dos lobos, aqueles caçadores selvagens que não desistiam de uma boa refeição.

Os lobos eram hipercarnívoros, o que significa que precisavam de uma dieta rica em proteínas animais. E para sobreviver, eles desenvolveram dentes e músculos da mastigação superfortes.

Agora você deve estar se perguntando: “Mas e os ossos? De onde vem essa preferência canina?” Ah, meu caro leitor curioso, os ossos são ricos em cálcio e contêm uma gordurinha maravilhosa chamada medula, ou tutano. Para os cães, roer ossos é um verdadeiro instinto de caça. Eles adoram mastigar e aproveitar cada pedacinho dessas preciosidades.

Imagine só a cena: o cãozinho correndo atrás do osso, farejando com entusiasmo, perseguindo-o como se fosse uma presa. E quando finalmente o pega, ele demonstra todo seu talento canino na arte de apreender, abater e mastigar. É quase como se estivesse voltando aos seus ancestrais lobos, vivendo a emoção da caçada.

E não é só isso, meus amigos. Dar ossos para os cães também traz benefícios incríveis para a saúde deles. Além de ser uma diversão e tanto, roer ossos libera endorfinas, os hormônios do prazer, deixando o peludo supercalmo e feliz.

E olha só, os ossos ajudam a manter os dentes saudáveis, prevenindo a formação daqueles indesejados cálculos dentários, o famoso tártaro. E tem mais uma coisa, que vai te deixar de queixo caído. Toda essa mastigação intensa fortalece os músculos da mastigação, o maxilar e a mandíbula do cão. Ou seja, dar ossos para cachorro é como oferecer uma academia completa para o desenvolvimento dessas habilidades mastigatórias.

Chihuahua
Chihuahua

Mas calma lá, amigão! Não é qualquer osso que pode ser dado aos cachorros. Fique ligado para evitar problemas sérios. Os ossos cozidos, fritos ou assados, principalmente das aves, são um terrível vacilo. Eles podem se fragmentar e perfurar o estômago e o intestino do peludo.

Portanto, a melhor opção é dar ossos naturais crus. E se quiser aumentar a diversão, você pode encontrar ossos defumados ou de plástico mastigável em lojas especializadas.

Agora você já sabe por que cachorro gosta de osso. É uma mistura de herança genética, instinto de caça e benefícios para a saúde. Então, que tal presentear seu companheiro de quatro patas com um osso delicioso? Ele vai te agradecer com muita lambidas e abanando o rabinho. Diversão garantida para todo o pelotão canino!

Instinto de caça

Ah, os cachorros, essas adoráveis criaturas de quatro patas que amamos tanto. Eles são brincalhões, leais e, claro, têm um apetite insaciável por ossos. Mas por que diabos os cães gostam tanto de roer ossos? Bem, vamos descobrir juntos!

Vamos começar com a herança genética dos cães. Sim, essas bolas de pelos fofas são descendentes dos grandes e selvagens lobos cinzentos. Esses lobinhos tinham uma dieta rica em proteínas animais, o que os tornava verdadeiros roedores de ossos. Afinal, quando você está caçando presas maiores que você, pode muito bem aproveitar cada pedacinho, inclusive os ossos, não é mesmo?

Mas afinal, por que os ossos são tão irresistíveis para os nossos amigos caninos? Bem, eles são ricos em cálcio e gorduras essenciais para os carnívoros. Além disso, roer ossos é um instinto natural para os cães. Essa é uma das maneiras deles manifestarem seu comportamento de caça, uma sequência comportamental que envolve farejar, visualizar, perseguir, apreender, abater, carregar, mastigar, ingerir e, claro, roer os ossos da presa.

Afinal, roer ossos é mais do que uma atividade prazerosa para os cães, é uma forma deles exercitarem seus instintos de caça. E os ossos trazem muitos benefícios para os cães. Além de liberarem endorfinas que acalmam nossos amiguinhos, roer ossos ajuda a manter a saúde dental deles.

O atrito entre os dentes e o osso ajuda a prevenir a formação dos terríveis cálculos dentários, também conhecidos como tártaro. Além disso, todo o empenho do pet em roer os ossos fortalece os músculos da mastigação, o maxilar e a mandíbula do animal.

Mas calma lá! Não é qualquer osso que você pode dar para o seu peludo. É muito importante saber escolher o osso certo para evitar problemas sérios de saúde. Os ossos cozidos, fritos ou assados, principalmente das aves, podem se fragmentar e perfurar o estômago e o intestino do seu amiguinho. Os ossos naturais crus são os ideais para os cães.

Ah, e você pode encontrar opções seguras, como os ossos defumados e os de plástico mastigável, em lojas especializadas de produtos para animais.

dogs_going_for_a_walk_ultra_realistic_0
dogs_going_for_a_walk_ultra_realistic_0

Ah, e antes de terminar, vamos atiçar sua curiosidade um pouquinho mais. Algumas raças são mais propensas a gostar de ossos do que outras. Principalmente aquelas que têm uma veia de caçador mais acentuada. E os filhotes?

Ah, eles são grandes amantes de roer ossos. Isso acontece geralmente durante a troca de dentes, que ocorre a partir dos quatro meses de idade. Os ossos são uma ótima maneira de aliviar o incômodo na gengiva enquanto os dentes permanentes crescem.

Agora que você entende por que cachorro gosta de osso, tenha em mente que roer ossos é um comportamento natural para eles. Mas não se esqueça de criar uma rotina com passeios diários e enriquecer o ambiente do seu peludo com atividades que estimulem seus instintos. Afinal, a felicidade do seu amiguinho de quatro patas é tão importante quanto a sua.

Benefícios dos ossos para cães

Quando você olha para o seu adorável amigo de quatro patas roendo um osso com tanto prazer, uma pergunta inevitável surge em sua mente: Por que diabos cachorros gostam tanto de ossos? Será que eles estão tentando reviver seus dias como grandes e selvagens lobos caçadores? Ou talvez eles apenas gostem do desafio de roer algo duro e apreciem o sabor de tutano que o osso oferece? Vamos descobrir juntos!

Um dos motivos pelos quais os cães adoram roer ossos é a herança genética que eles trazem de seus ancestrais lobos. Os lobos são descendentes de animais chamados “hipercarnívoros” pelos cientistas, que precisavam de uma dieta rica em proteínas animais.

Para lidar com essa dieta exigente, eles desenvolveram dentes e músculos de mastigação superfortes, capazes de caçar presas maiores e se deleitar com todos os aspectos delas, inclusive os ossos. Então, é mais ou menos como se nossos bonitinhos amigos de quatro patas estivessem apenas honrando suas raízes selvagens.

Além disso, os ossos são uma fonte rica de cálcio. E quem não gosta de uma dose extra de cálcio, não é mesmo? A medula, ou tutano, como é conhecida popularmente, é rica em gorduras essenciais para carnívoros. Portanto, quando seu cachorro está roendo um osso, ele está maximizando sua ingestão nutricional de uma forma bastante natural. É como se ele estivesse fazendo um supermercado de nutrientes!

Então, o hábito de roer osso é um instinto profundamente enraizado nos cães. Faz parte da sequência comportamental de caça, que envolve diversas etapas, como farejar, visualizar, perseguir, apreender, abater, carregar, mastigar, ingerir e, é claro, roer os ossos da presa.

Ao lançar uma bolinha ou um osso para o seu cão, você está estimulando-o a manifestar esse comportamento de caça, o que é extremamente saudável para eles.

cachorro no hostel
cachorro no hostel

Mas os benefícios de roer ossos não param por aí! Além da satisfação nutricional, o ato de roer libera endorfinas que acalmam o cão e ajudam a aliviar o estresse. Além disso, a mastigação de ossos fortalece os músculos da mastigação, o maxilar e a mandíbula do animal, contribuindo para a saúde dental e prevenindo a formação de tártaro.

No entanto, é importante salientar que nem todos os ossos são adequados para cães. Os ossos cozidos, fritos ou assados não devem ser dados a eles, pois podem se fragmentar e causar sérios problemas digestivos. Os ossos naturais crus são a escolha ideal. Em lojas especializadas em produtos para animais, você pode encontrar osso defumado ou até mesmo opções de ossos de plástico mastigáveis. Afinal, a segurança vem em primeiro lugar!

Embora todos os cães tenham uma queda natural por roer ossos, algumas raças, principalmente as caçadoras, possuem uma tendência ainda maior a gostar desse hábito. Além disso, os filhotes costumam ser mais propensos a roer, especialmente durante a troca de dentes, quando precisam aliviar o incômodo causado pelo crescimento dos dentes permanentes. É aí que os ossos naturais para filhotes entram em cena, ajudando a amenizar o desconforto.

Agora que você entendeu por que os cães adoram roer ossos, vale a pena lembrar que roer é apenas um aspecto da sequência comportamental de caça canina. Se o seu cachorro apresenta um comportamento destrutivo, roendo não só ossos, mas tudo o que vê pela frente, pode ser um sinal de que ele precisa de mais oportunidades para seguir seus instintos naturais.

Criar uma rotina, passear diariamente e enriquecer o ambiente com recursos que estimulem seus sentidos e cognição são medidas essenciais para o bem-estar emocional do seu amigo peludo.

Então, de agora em diante, quando você vir o seu cachorro todo empolgado roendo um osso, lembre-se de que ele está apenas seguindo um antigo instinto selvagem. E quem sabe, talvez você possa até compartilhar um momento de desfrute com ele, jogando um osso e se divertindo junto. Afinal, a felicidade do seu cãozinho também é a sua felicidade!

Qual osso dar para os cães?

Quando o assunto é osso para cachorro, é preciso ter alguns cuidados. Afinal, nem todo osso é seguro e saudável para o seu peludo. Então, vamos falar sobre quais tipos de ossos evitar e quais são os ideais para o seu amigão roer e se divertir.

Primeiro, vamos esclarecer uma coisa: nada de ossos cozidos, fritos ou assados! Esses tipos de ossos podem se fragmentar facilmente e causar sérios problemas para a saúde do seu cãozinho. Imagine só um pedaço de osso perfurando o estômago ou o intestino do seu amigão. Não queremos isso, certo?

Os ossos naturais crus são os mais seguros e recomendados para os cães. Eles são mais resistentes e não se fragmentam facilmente. Nas lojas especializadas em produtos para animais, você pode encontrar opções como os ossos defumados e os de plástico mastigável. Essas são boas alternativas para a diversão segura do seu peludo.

Mas, antes de comprar qualquer um desses ossos, é importante verificar se eles são adequados para o tamanho e a idade do seu cão. Cada raça e faixa etária têm suas particularidades, e é fundamental respeitar essas características. Então, antes de entregar um osso para o seu peludo, consulte um médico veterinário. Ele poderá orientar você sobre qual a melhor opção de osso para o seu amigão se divertir sem riscos.

Ah, e não se esqueça de ficar de olho enquanto o seu cão estiver roendo o osso, para evitar machucados ou engasgos.

Agora que você já sabe quais ossos evitar e quais são os ideais para o seu peludo, é só providenciar o ossinho perfeito para a diversão do seu amigão. Mas lembre-se: a segurança e o bem-estar do seu cãozinho sempre vêm em primeiro lugar.

Algumas raças são mais propensas a gostar de ossos?

Algumas raças são mais propensas a gostar de ossos? Com certeza, meu amigo! Afinal, nem todos os cães são iguais, assim como nós, humanos, também temos preferências diferentes.

Algumas raças são mais apegadas às suas origens como caçadores e, por isso, têm uma maior tendência a gostar de roer ossos. São verdadeiros “especialistas roedores de ossos”, esses peludinhos! Entre as raças caçadoras, como o Pastor Alemão, Labrador Retriever e Golden Retriever, a obsessão por ossos é ainda maior. Esses cães têm em seu DNA a herança dos grandes caçadores, então é natural que sejam mais atraídos pelos ossos como resultado de seu instinto de caça.

Além disso, os filhotes também costumam roer mais ossos do que os cães adultos. Durante a troca de dentes, que geralmente ocorre por volta dos quatro meses de idade, os filhotes sentem uma certa coceira e desconforto nas gengivas. Roer ossos é uma maneira de aliviar essa sensação incômoda. Então, não fique surpreso se o seu filhote estiver sempre com um osso na boca.

Ah, e não se esqueça, ossos para filhotes também são essenciais para ajudar no crescimento dos dentes. A mastigação promove o fortalecimento do maxilar e da mandíbula, preparando-os para uma vida adulta saudável e com dentes fortes.

Então, se o seu cãozinho é daqueles que não resiste a um bom osso, não se preocupe! Isso é totalmente normal e faz parte de sua natureza. Apenas certifique-se de oferecer ossos seguros e adequados para ele roer, como os naturais crus encontrados em lojas especializadas. Dessa forma, você estará proporcionando uma diversão saudável e segura para o seu peludinho!

Comportamento destrutivo de roer tudo

Você já teve que lidar com essa situação: seu cãozinho roendo tudo o que vê pela frente? É realmente frustrante ver seus objetos de valor sendo destruídos pela motivação incontrolável do seu amigo de quatro patas. Mas qual será o motivo desse comportamento destrutivo? Vamos explorar algumas possíveis causas!

Falta de alternativas para expressar outros instintos

Para entender por que seu cãozinho está roendo tudo, é importante considerar se ele tem oportunidades suficientes para expressar outros instintos. Imagine você preso o dia inteiro em casa, sem nada para fazer além de olhar pela janela e desejar que algo interessante aconteça. Certamente, a frustração e o tédio o levariam a buscar uma maneira de extravasar essa falta de estímulo. O mesmo acontece com seu cãozinho.

Criar rotina e enriquecer o ambiente

Uma solução para evitar o comportamento destrutivo é criar uma rotina para o seu cãozinho. Estabeleça horários específicos para brincadeiras, passeios e atividades que estimulem seus sentidos e sua cognição. Além disso, enriqueça o ambiente com brinquedos interativos, como os que dispensam petiscos, para que ele tenha uma opção válida para extravasar sua energia.

A importância de passear com os cães

Não podemos esquecer que passear com seu cãozinho é essencial para seu bem-estar físico e emocional. Os passeios não só proporcionam exercícios, mas também estimulam os instintos naturais de exploração, farejamento e socialização. Seu cãozinho precisa sentir o mundo lá fora, descobrir novos cheiros e ambientes, interagir com outros cães e pessoas. Portanto, não deixe de dar a ele essa oportunidade.

Então, da próxima vez que você se deparar com o seu amigão roendo tudo o que vê pela frente, lembre-se de considerar essas possíveis causas. Crie uma rotina que proporcione estímulos adequados, recheie o ambiente com opções interessantes para ele brincar e, é claro, leve-o para passear.

Com isso, você estará ajudando seu cãozinho a encontrar maneiras saudáveis e divertidas de extravasar sua energia, evitando que o comportamento destrutivo se torne um problema constante. Então, vamos manter seus sapatos seguros e seu cão feliz!

Conclusão

Conclusão: Agora que você entende por que cachorro gosta de osso, fica mais fácil satisfazer as necessidades instintivas do seu peludo. Os cães têm uma herança genética que os torna irresistivelmente atraídos pelos ossos, pois seus ancestrais lobos também possuíam esse comportamento.

Roer ossos é um instinto natural e saudável para os cães, pois estimula seus instintos de caça e proporciona benefícios, como a liberação de endorfinas e o fortalecimento dos dentes, maxilar e mandíbula.

No entanto, é importante lembrar que nem todos os ossos são seguros para os cães, portanto, opte por ossos naturais crus e evite os cozidos, fritos ou assados.

Ao entender as preferências do seu peludo e proporcionar a ele opções adequadas de ossos para roer, você estará garantindo seu bem-estar e satisfação.

Então, vamos dar um ossinho para o nosso amigo canino e deixá-lo feliz!