animal doninha comendoanimal doninha comendo

“A alimentação da doninha: tudo o que você precisa saber”

Bem-vindo a mais um artigo educativo do Perito Animal. Hoje vamos falar sobre a alimentação da doninha.

Este pequeno animal pertence ao grupo dos mamíferos mustelídeos, conhecido por sua eficiência na caça.

Vamos descobrir o que as doninhas comem, como obtêm nutrientes e algumas curiosidades sobre como caçam. Também veremos algumas dicas para alimentação em cativeiro. Não perca!

O aparelho digestivo das doninhas

A alimentação da doninha começa no aparelho digestivo, que é composto pela boca, esôfago, estômago e intestinos. Este animal carnívoro possui uma mandíbula especializada, formada por um único osso e 34 peças dentais, que permitem à doninha caçar suas presas com facilidade.

animal doninha comendo
animal doninha comendo

Ao longo do trato digestivo, existem diversas glândulas que executam funções nutricionais, incluindo a salivar, gástrica, intestinal, pancreática e hepática.

É importante compreender que a alimentação da doninha é essencialmente carnívora, e consiste principalmente em ratos. Contudo, também pode consumir ovos de pássaros, alguns insetos, répteis, aves, coelhos, peixes e anfíbios.

Na próxima seção, veremos como a doninha é capaz de caçar presas maiores que seu tamanho, graças às suas habilidades e resiliências.

A alimentação da doninha

A doninha é um animal carnívoro que se alimenta sobretudo de roedores como ratos. No entanto, não despreza outras fontes de alimento, tais como ovos de pássaros, alguns insetos, répteis, aves, coelhos, peixes e anfíbios.

Essa variedade na alimentação permite que a doninha sobreviva em uma grande diversidade de habitats. Como uma caçadora excepcional, a doninha pode caçar ratos e camundongos pequenos, introduzindo-se nas tocas desses animais.

Já os machos, são capazes de caçar coelhos e lebres. As aves que nidificam no solo também são alvos das doninhas, que não se contentam apenas em caçar as aves, elas também saqueiam seus ninhos quando necessário.

Essa habilidade se deve à anatomia do corpo do animal, permitindo que a doninha trepe e corra facilmente, além de ter capacidade de se introduzir em buracos e até mergulhar.

Em resumo, a maioria das presas da doninha são roedores, mas sua alimentação é bastante variada, o que lhe proporciona grande adaptação a diferentes ambientes. O importante a se destacar é que embora a doninha possa ser mantida em cativeiro, a sua captura e manutenção em cativeiro são proibidas em muitos países, portanto é importante tomar cuidado ao pensar em ter um animal de estimação desses.

Como é que a doninha caça?

As doninhas são conhecidas por serem excelentes caçadoras, capazes de abater presas que são muito maiores do que elas. Mas como é que elas conseguem caçar animais que são muito maiores e mais fortes do que elas?

animal doninha comendo
animal doninha comendo

Habilidades para caça

A doninha é um animal extremamente ágil e rápido. Elas são capazes de se mover rapidamente pelo solo, em árvores e até mesmo na água. Além disso, possuem garras afiadas e dentes poderosos que ajudam na captura e abate de presas.

Presas capturadas por fêmeas e machos

As doninhas caçam presas diferentes, dependendo do sexo. As fêmeas caçam principalmente ratos e camundongos pequenos, enquanto os machos caçam coelhos e lebres. Além disso, as aves que nidificam no solo também são presas comuns para as doninhas, que não se importam em saquear ninhos em busca de comida.

Aves que nidificam no solo

As doninhas são especialmente hábeis em capturar aves que nidificam no solo. Elas são capazes de se esgueirar silenciosamente pelos ninhos e surpreender as aves quando menos esperam. Não importa o tamanho das aves, as doninhas são capazes de caçá-las graças à sua habilidade e técnica de caça.

Hábitos alimentares

As doninhas se alimentam principalmente de presas carnívoras, como ratos e camundongos. No entanto, elas também podem se alimentar de ovos de aves e de outros pequenos animais, como insetos, répteis, coelhos, peixes e anfíbios. Essa variedade de alimentos permite que as doninhas sobrevivam em uma ampla gama de ambientes.

No geral, as doninhas são excelentes caçadoras e sua habilidade de caça é uma parte importante de sua sobrevivência na natureza. Esses animais são especialmente adaptados a sua dieta carnívora e são capazes de caçar sem parar por horas a fio para garantir sua sobrevivência.

Alimentar uma doninha em cativeiro

Antes de considerar a possibilidade de manter uma doninha em cativeiro, é vital entender a legislação que regula sua posse em sua área geográfica específica. Enquanto em algumas nações, como Estados Unidos e Reino Unido, é legal manter doninhas como um animal de estimação, em outros lugares, tais como Austrália e Nova Zelândia, isso é estritamente proibido.

animal doninha comendo
animal doninha comendo

A própria doninha não é uma espécie ameaçada e, portanto, não é ilegal mantê-la em cativeiro em algumas nações. No entanto, em alguns países, como mencionado anteriormente, a doninha faz parte da fauna endêmica, tornando assim sua captura e manutenção em cativeiro ilegal. Para evitar implicações legais, é crucial verificar a legislação antes de manter uma doninha em cativeiro.

Dicas para alimentação em cativeiro de uma doninha Antes de alimentar uma doninha mantida em cativeiro, entre em contato com um veterinário especializado em animais silvestres e exóticos para obter as diretrizes adequadas. Depois de receber orientações, uma dieta balanceada para a doninha pode incluir os seguintes alimentos:

  • ¼ xícara de frango cozido ou peixe cozido
  • 1 ovo cozido com casca ou 1 rato por semana
  • Rações de doninhas disponíveis em lojas especializadas para animais de estimação

No entanto, alguns alimentos são proibidos para doninhas, tais como:

  • Alimentos salgados ou doces
  • Carnes vermelhas, como as de bovino e suíno
  • Alimentos com elevado teor de gordura
  • Sementes de girassol e milho seco
  • Alface e ervas daninhas
  • Frutas secas

Conclusão

A doninha é um animal fascinante que se alimenta sobretudo de presas como os ratos.

Graças à sua habilidade de caça e à sua infraestrutura fisiológica, as doninhas são capazes de se alimentar de uma grande variedade de alimentos, incluindo ovos de pássaros, insetos, répteis, aves, coelhos, peixes e anfíbios, desde que em condições ideais.

Embora a doninha não deva ser mantida como animal de estimação em determinados países, é possível alimentá-las em cativeiro com alimentos como frango cozido, peixe, ovo cozido com casca ou rações para doninhas que são comercializadas em lojas especializadas para animais de estimação. 

É importante lembrar que a doninha é um animal selvagem e a sua manutenção em cativeiro deve ser realizada somente por profissionais especializados em animais exóticos. Esperamos que este artigo sobre a alimentação da doninha tenha sido informativo e útil para você.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *