Comida Natural para CachorroComida Natural para Cachorro

Comida Natural para Cachorro: Dicas, Receitas e Quantidades

Se você é um amante de cães, com certeza já ouviu falar sobre comida natural para cachorros. Mas, afinal, o que é? Comida natural para cachorro é uma dieta baseada em alimentos de origem natural, sem aditivos e com o mínimo de processamento possível.

Esse tipo de alimentação tornou-se muito popular nos últimos anos e por uma boa razão. Afinal, a alimentação natural para cachorro é extremamente importante para a saúde, nutrição e bem-estar do seu amigão.

Um dos grandes benefícios da comida natural para cachorros é que ela é composta por ingredientes escolhidos a dedo, o que garante uma alimentação mais saudável e equilibrada. Além disso, muitos cães apresentam intolerância à comida comercial para cachorro, que pode causar diversos problemas de saúde.

Mas, os benefícios da comida natural para cachorro não param por aí! Ela também pode melhorar a digestão, aumentar a energia, reduzir o risco de doenças crônicas, fortalecer o sistema imunológico e até mesmo promover a perda de peso. Com uma alimentação natural, o seu cãozinho estará muito mais saudável e feliz.

Comida Natural para Cachorro
Comida Natural para Cachorro

Entretanto, se sua dieta não possuir as quantidades certas de nutrientes, ela pode acabar prejudicando a saúde do cachorro. Por isso é fundamental saber qual é a proporção adequada de cada ingrediente na alimentação natural e, havendo qualquer dúvida ou hesitação, procurar consultar um veterinário para lidar com o caso.

Agora que entendemos os benefícios da comida natural para cachorros, vamos descobrir como elaborá-la adequadamente? Acompanhe-nos no próximo tópico.

Comida natural para cachorro vs comida comercial

Muitos tutores de animais optam pela alimentação comercial, que consiste em alimentos industrializados preparados por empresas especializadas. Embora essa seja uma opção prática, rápida e fácil, ela não é a melhor escolha para a saúde de nossos pets.

O que é a comida comercial para cachorro?

Comida comercial inclui alimentos industrializados preparados em fábricas e vendidos em supermercados e lojas especializadas. Eles são compostos por ingredientes de baixo custo, como cereais e subprodutos animais. Esses ingredientes são misturados com vitaminas e outros suplementos químicos que ajudam um pouco a compensar a qualidade da comida.

A diferença entre a alimentação natural e a alimentação comercial

Ao contrário da comida comercial, a alimentação natural para cachorro é feita com alimentos frescos e saudáveis, o que garante que o seu animal receba todos os nutrientes necessários. Isso ajuda-os a manter o peso ideal e ter uma pele e pelagem mais bonitas e brilhantes. A alimentação natural também pode ajudar a diminuir problemas como a gingivite e o tártaro nos dentes dos cachorros. Ao mastigar alimentos mais duros e frescos, a produção de saliva aumenta, reduzindo a proliferação de bactérias na boca.

Como escolher a melhor opção para o seu cachorro

A escolha entre alimentação natural e comercial é exclusivamente individual e depende das necessidades do cachorro. Cães jovens ou filhotes podem ter dificuldade em digerir alimentos naturais mais pesados e refeições maiores. Nesses casos, a comida comercial pode ser mais adequada.

Além disso, cães com necessidades especiais e condições médicas devem seguir uma dieta que cumpra as recomendações do veterinário e possa ser ajustada à sua condição. Quando optando por uma dieta natural, certifique-se de que ela esteja balanceada e atenda às necessidades específicas do cachorro, levando em consideração idade, raça, tamanho e condições médicas.

cachorro comendo ovo
cachorro comendo ovo

Em caso de dúvida, consulte um veterinário especialista em nutrição para ajudar a fazer a dieta adequada ao seu amigão.

Embora possa parecer difícil escolher a melhor opção, a boa notícia é que hoje existem cada vez mais lojas especializadas que vendem comida natural para cachorro e também oferecem informações sobre dieta e nutrição. Investir no tempo e esforço para escolher a opção certa é um sacrifício que vale a pena quando se trata da saúde e bem-estar de nossos amigos peludos.

Elaboração da alimentação natural para cachorro

A quantidade e proporção adequadas de ingredientes são fundamentais para garantir que a alimentação natural para cachorro seja equilibrada e saudável. É importante lembrar que cachorros possuem necessidades nutricionais diferentes, dependendo da raça, idade, peso e nível de atividade física.

A alimentação natural para cachorro deve ser composta por cerca de 60% a 80% de proteína, 10% a 20% de carboidratos e 5% a 10% de gordura. A proteína pode vir de diversos alimentos, como carne bovina, frango, peixes, vísceras, ovos e legumes. Já os carboidratos podem ser encontrados em vegetais e grãos, como arroz, abóbora, cenoura, chuchu, batata doce e quinoa.

É importante lembrar que alguns alimentos são tóxicos para os cachorros, como cebola, alho, chocolate, abacate, uva e café. Antes de incluir algum ingrediente na alimentação do seu cachorro, consulte um médico veterinário especializado em nutrição animal.

Além dos ingredientes, é fundamental garantir que a alimentação natural para cachorro conte com os nutrientes necessários para a saúde do animal. Isso pode ser feito adicionando suplementos alimentares e vitaminas específicas para cachorros. Vale lembrar que a quantidade e tipo de suplemento necessários irão depender das necessidades nutricionais do seu cachorro.

Uma opção para quem deseja incluir a alimentação natural para cachorro na rotina do pet é preparar receitas caseiras. É importante destacar que a preparação deve ser feita com cuidado, levando em consideração as necessidades nutricionais do animal e garantindo a higiene dos utensílios e ingredientes.

Uma receita nutritiva e fácil de fazer, por exemplo, é feita com frango, arroz integral, abóbora e cenoura. Cozinhe o frango em água sem tempero até que fique bem macio e reserve o caldo. Em outra panela, cozinhe o arroz integral com a abóbora e a cenoura até que fiquem macias. Depois, misture o frango desfiado e o caldo do cozimento aos legumes e ao arroz. Pronto!

Você terá uma refeição caseira, cheia de nutrientes e sem conservantes. Porém, é importante lembrar que cachorros possuem necessidades nutricionais específicas e a alimentação natural caseira deve ser orientada por um médico veterinário especializado em nutrição animal.

Outra opção para quem deseja incluir a alimentação natural para cachorro na rotina do pet é adquirir produtos prontos. Existem diversas empresas no mercado que fabricam alimentos naturais para cachorro, com cardápios completos e balanceados. Antes de comprar, é importante verificar a reputação da empresa, os ingredientes utilizados e a higiene do local de produção.

cachorro comendo coco
cachorro comendo coco

Em resumo, a elaboração da alimentação natural para cachorro deve levar em consideração as necessidades nutricionais específicas de cada animal, bem como garantir a quantidade e proporção adequadas de ingredientes, adicionando suplementos alimentares e vitaminas quando necessário.

A preparação pode ser feita por meio de receitas caseiras ou por meio da aquisição de produtos já balanceados. Independentemente da opção escolhida, é importante lembrar que a alimentação natural deve ser orientada por um médico veterinário especializado em nutrição animal.

Nutrição adequada para cachorros com condições de saúde

Os cães são propensos a várias condições de saúde que são muito influenciadas pela alimentação que recebem. Por esta razão, é importante garantir que a dieta de um cachorro com uma condição seja ajustada adequadamente a fim de atender suas necessidades específicas.

Cães com intolerâncias e alergias alimentares requerem uma dieta que exclua os alimentos que causam a reação alérgica ou intolerância. A proteína e o glúten são os alimentos mais comuns que causam alergias aos cães. Portanto, o ideal é escolher um alimento hipoalergênico que tenha uma única fonte de proteína. As proteínas alternativas incluem cordeiro, salmão, carne de veado, pato e coelho, pois seu sistema digestivo está menos acostumado com essas proteínas que as fontes mais comuns, como frango ou carne bovina.

Cães com doenças renais ou hepáticas podem precisar de uma dieta mais restrita, com uma quantidade reduzida de proteína para reduzir o trabalho do fígado e dos rins. O cálcio, o fósforo e o sódio também devem ser limitados. Um veterinário especializado em nutrição canina pode fazer uma dieta adequada e personalizada para o seu pet com necessidades especiais.

Cães com diabetes requerem uma dieta com uma quantidade reduzida de carboidratos e açúcares simples e uma quantidade maior de fibras. O objetivo é manter os níveis de açúcar no sangue regulados e evitar picos de insulina. A dieta pode ser baseada em proteínas magras misturadas com vegetais fibrosos e grãos complexos, como arroz integral ou cevada.

cachorros de diferentes tamanhos comendo
cachorros de diferentes tamanhos comendo

Independentemente da condição, é essencial consultar um veterinário antes de fazer mudanças significativas na dieta do seu pet. Cada cachorro é único e pode ter necessidades nutricionais específicas que devem ser atendidas. Um veterinário especializado em nutrição canina pode ajudar a determinar as quantidades adequadas de alimentos e suplementos vitamínicos necessários para manter a saúde do seu cachorro.

Em adição a uma alimentação adequada e personalizada, fornecer o exercício diário, água limpa e fresca e evitar alimentos prejudiciais pode ter um impacto significativo na saúde geral do seu cachorro. Cuide do seu pet e dê a ele os melhores cuidados possíveis.

Compra de comida natural para cachorro

A comida natural para cachorro se tornou uma opção popular de alimentação nos últimos anos. Mas onde comprar esse tipo de alimento? É possível encontrar empresas que oferecem alimentos para cachorro baseados em estudos nutricionais e elaborados com ingredientes crus cuidadosamente selecionados. No entanto, é essencial que essas empresas sejam confiáveis, com profissionais responsáveis pela elaboração dos alimentos e que adotem boas práticas de higiene e limpeza do local de produção.

Ao escolher uma empresa, verifique a reputação da marca e a opinião de outros clientes. Também é importante verificar os ingredientes utilizados, bem como a forma como a comida é armazenada e transportada.

Se você preferir preparar a comida do seu cachorro em casa, tenha em mente que é necessário consultar um veterinário especializado em nutrição para garantir que a dieta esteja adequada às necessidades do seu pet. A elaboração da comida natural para cachorros é um processo delicado, que exige atenção especial às quantidades e proporções adequadas de cada ingrediente, além da utilização de suplementos e vitaminas.

cachorro comendo mamão
cachorro comendo mamão

Independentemente da sua escolha, é essencial que a alimentação do seu cachorro seja balanceada e saudável para garantir a longevidade e bem-estar do animal.

A transição para a comida natural para cachorro

Fazer a transição para a comida natural para cachorro é um processo que requer tempo e paciência. É importante não fazer mudanças drásticas na dieta do seu cão, pois isso pode causar desconforto estomacal e diarreia.

A melhor maneira de fazer a transição é gradualmente, misturando a comida natural para cachorro com a ração comercial que o seu pet já está acostumado a comer. Comece adicionando uma pequena quantidade de comida natural e aumente gradualmente a quantidade a cada dia, até que seu cachorro possa se alimentar exclusivamente da comida natural. Normalmente, a transição deve ocorrer em um período de 7 a 10 dias.

Durante a transição, é importante observar o comportamento e a saúde do seu cão. Se o seu cão apresentar sinais de desconforto estomacal ou diarreia, reduza a quantidade de comida natural e aumente a quantidade de ração comercial até que o sistema digestivo do seu cão se adapte.

cachorro comendo castanha
cachorro comendo castanha

Outro problema que você pode encontrar durante a transição é a recusa do seu cão em comer a comida natural. Você pode tentar tornar a comida mais saborosa, adicionando temperos naturais ou molho para cães. Se o problema persistir, consulte um veterinário para descartar possíveis problemas de saúde.

Ao fazer a transição para a comida natural para cachorro, seja paciente e flexível. Cada cachorro é único e pode precisar de mais ou menos tempo para se adaptar. Lembre-se de observar o comportamento e a saúde do seu cão e procure ajuda de um profissional se você tiver dúvidas ou preocupações.

Conclusão

Após entendermos o que é comida natural para cachorro, suas vantagens em relação à comida comercial e como elaborar uma dieta equilibrada para nossos amigos peludos, podemos concluir que essa opção de alimentação pode ser uma escolha saudável e segura para nossos cachorros.

É importante lembrar que cada cachorro tem suas necessidades nutricionais individuais e que a alimentação natural pode ser adaptada de acordo com as condições específicas de saúde.

Por isso, é importante consultar um veterinário especializado em nutrição antes de elaborar uma dieta para seu cachorro.

Ao optar pela comida natural para cachorro, é necessário observar as exigências de higiene e qualidade dos ingredientes, pois a escolha da empresa ou marca para compra deve ser pautada em critérios de confiabilidade.

Por fim, a transição para a alimentação natural deve ser gradual e cuidadosa, sempre observando as necessidades individuais de cada animal.

Vale lembrar que a saúde de nossos amigos peludos está diretamente ligada à qualidade da alimentação que oferecemos a eles.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *