gato comendo raçãogato comendo ração

Quantidade ideal de ração diária para gatos

Você é um tutor de gatos responsável, mas sabe realmente a quantidade adequada de comida que deve dar ao seu felino?

É essencial compreender que a nutrição adequada é crucial para a saúde e bem-estar do seu gato, independentemente da idade ou tamanho.

Por isso, neste blog, vamos ajudá-lo a descobrir a quantidade ideal de ração diária que seu gato precisa de acordo com sua idade e peso, como dividir a comida em refeições, como escolher a melhor ração, e dicas para alimentar seu gato de forma saudável. Vamos lá!

gato tomando vitamina
gato tomando vitamina

Por que é importante saber a quantidade ideal de ração diária para gatos?

Sabemos que os gatos podem ser bastante independentes, mas isso não significa que devemos ignorar a sua saúde. Saber a quantidade ideal de ração diária que devemos oferecer aos nossos gatos é essencial para manter uma alimentação equilibrada e saudável.

Além disso, a quantidade de alimento que damos a um gato pode ter impactos significativos na sua saúde, seja um gato filhote, adulto ou idoso.

Dar a quantidade certa de comida para o nosso amigo felino ajudará a manter o seu peso saudável e, consequentemente, prevenir problemas de saúde.

Então, vamos entender melhor sobre como devemos alimentar nossos gatos, respeitando a idade, peso e necessidades individuais de cada animal.

Idade e peso afetam a quantidade de ração para gatos

Assim como os seres humanos, os gatos têm necessidades nutricionais diferentes em diferentes fases da sua vida. A quantidade de ração que um gato deve receber depende de fatores como a sua idade, peso, estilo de vida e metabolismo.

Quantidade de ração para gato filhote. Os filhotes de gato precisam de mais alimento do que os gatos adultos para crescerem saudáveis. A quantidade de ração que um gato filhote deve receber depende da sua idade e peso. Até os 3 meses de idade, os filhotes devem receber cerca de 40g-50g de ração por dia.

Entre 3 e 4 meses de idade, a quantidade pode ser aumentada para 50g-60g. De 4 a 6 meses, a quantidade deve ser aumentada para 60g-70g diariamente. De 6 a 12 meses de idade, em média, a quantidade ideal é de 70g-80g de ração por dia.

gato tomando vitamina
gato tomando vitamina

Quantidade de ração para gato adulto. A quantidade de ração que um gato adulto precisa pode variar entre 40g a 75g por dia, dependendo do peso do gato e do nível de atividade física que ele possui. Os gatos pequenos com peso entre 3kg a 4kg precisam de cerca de 40g-55g de ração diariamente, enquanto os gatos grandes com peso entre 5kg a 6kg precisam de cerca de 55g-75g de ração por dia.

Quantidade de ração para gato idoso. Os gatos idosos precisam de menos alimento do que os gatos adultos, mas ainda precisam de uma dieta equilibrada e adequada às suas necessidades. As quantidades variam entre 45g a 75g por dia, dependendo do tamanho e do metabolismo do gato

. Gatos idosos pequenos, com peso entre 3kg a 4kg, devem consumir cerca de 45g-60g de ração diariamente. Já os gatos grandes, com peso entre 5kg a 6kg, precisam de cerca de 60g-75g de ração por dia.

Como dividir a comida em várias refeições?

Agora que já sabemos a quantidade ideal de ração diária para gatos, podemos falar sobre a divisão da porção em várias refeições. Como já foi mencionado, é importante dividir a porção diária em várias refeições para manter o metabolismo ativo.

No caso dos gatos filhotes, é necessário dividir a porção em várias refeições ao longo do dia, de preferência em 4 ou 5. Já para os gatos adultos, uma ou duas refeições por dia serão suficientes caso o bichano leve uma vida ativa. Porém, se o gato tiver tendência para o sedentarismo e estiver a aumentar de peso, o ideal é dividir a porção diária em duas refeições por dia.

gato comendo chocolate
gato comendo chocolate

Os gatos seniores devem manter o mesmo regime de alimentação que os adultos no que se refere à frequência, tendo apenas a necessidade de comer uma ração para gatos seniores que lhes aporte todos os nutrientes necessários sem risco de aumentarem de peso.

Para dividir a ração em várias refeições, basta seguir a indicação da quantidade de ração que o seu gato deve comer por dia e dividir em quantas refeições quiser, levando em conta que cada refeição precisa ter a quantidade adequada. Por exemplo, se o gato precisa comer 60 g de ração por dia e você deseja dividir em duas refeições, cada uma delas deve conter 30 g de ração.

Lembre-se sempre de deixar água fresca disponível para o seu gatinho e, em caso de dúvidas, consulte um veterinário para orientações mais específicas sobre a alimentação do seu pet.

Como escolher a melhor ração para o meu gato?

A qualidade da alimentação do seu gato será um fator determinante para a sua saúde e qualidade de vida. É importante escolher uma ração que forneça os nutrientes necessários para seu gato se manter saudável. Mas como escolher a melhor ração para o seu gato? Aqui estão algumas coisas que você deve considerar:

Como avaliar a qualidade da ração

Avaliar a qualidade da ração é fundamental para escolher a melhor opção para o seu gato. A primeira coisa que você deve verificar é se a ração é completa e equilibrada, ou seja, se possui todos os nutrientes necessários para uma boa nutrição. Verifique também se a ração é feita com ingredientes de qualidade e se é livre de conservantes, corantes e aromatizantes artificiais.

Confira também a procedência e reputação do fabricante. Realize uma pesquisa online e confira as avaliações de outros clientes que já compraram e usaram a ração. Às vezes, o preço pode ser um indicador da qualidade da ração, mas nem sempre é uma regra.

gato magro comendo
gato magro comendo

Tipos de alimentos para gatos

Além da ração seca, existem outros tipos de alimentos que você pode oferecer ao seu gato, como a ração úmida, alimentos naturais, dietas caseiras ou até mesmo alimentos preparados especialmente para gatos. É importante escolher o tipo de alimento que se adapta melhor à rotina e necessidades do seu gato.

Tenha em mente que oferecer variedade na alimentação pode ser bom para a saúde do seu gato, desde que não seja em excesso.

Rações especiais

Seu gato pode precisar de uma dieta especial devido a algumas condições de saúde. Ração para gatos que têm problemas renais, urinários ou digestivos, por exemplo, podem ser encontradas facilmente no mercado. Se seu gato tem alguma necessidade especial, fale com seu veterinário para que eles possam recomendar a melhor ração para seu gato.

LEMBRE-SE: Uma boa alimentação impacta diretamente na saúde e qualidade de vida do seu gato. Sempre consulte um veterinário antes de mudar a dieta do seu gato. Confira as avaliações de outros clientes e verifique a procedência e qualidade dos ingredientes da ração. Lembre-se de fornecer água fresca e variar na alimentação.

gato comendo ração rapidamente
gato comendo ração rapidamente

Gatos esterilizados

Gatos esterilizados tendem a engordar mais facilmente do que os gatos inteiros. Por essa razão, a quantidade de ração para gatos esterilizados deve ser cuidadosamente monitorada. Como regra geral, um gato esterilizado não precisa de tantas calorias quanto um gato não esterilizado. É necessário restringir a quantidade de alimentos com alto teor calórico que você oferece ao seu gato esterilizado.

Quantidade de comida para gatos esterilizados

Se você tem um gato esterilizado, é importante restringir sua ingestão calórica diária. Certifique-se de que ele esteja comendo a quantidade certa de ração para gatos, de acordo com seu peso e idade, conforme mencionado nas seções anteriores. Se o seu gato está acima do peso, vale a pena reduzir a quantidade de ração e aumentar a quantidade de água para mantê-lo hidratado e satisfeito.

Alimentos para controlar o peso

Alguns alimentos podem ajudar no controle de peso do seu gato esterilizado. Ração para gatos com baixo teor calórico é uma boa opção. Além disso, considere a possibilidade de dar ao seu gato alimentos úmidos com alto teor de proteínas. No entanto, é importante lembrar que cada gato é único e pode ter necessidades específicas de acordo com sua idade, peso e saúde geral.

gato comendo banana
gato comendo banana

Fale com o seu veterinário sobre a dieta ideal para o seu gato esterilizado e lembre-se de monitorar sua ingestão de alimentos para mantê-lo saudável e em boa forma.

Dicas para alimentar seu gato de forma saudável

Dicas para alimentar seu gato de forma saudável:

  1. Variedade na alimentação: Assim como nós, gatos apreciam variedade na comida. Ofereça diferentes tipos de alimentos, incluindo alimentos secos e úmidos, para garantir que ele receba todos os nutrientes necessários. Lembre-se de realizar mudanças na alimentação de forma gradual.
  2. Água fresca sempre disponível: Gatos precisam de água fresca e limpa todos os dias. Certifique-se de ter sempre água disponível em um local fresco e limpo para que seu gato possa beber a quantidade desejada. A hidratação adequada é crucial para prevenir problemas de saúde, como os renais.
  3. Consulte um veterinário: Manter seu gato saudável é uma responsabilidade crucial. Se notar que seu gato está comendo menos, perdendo peso ou apresentando outros sintomas preocupantes, agende uma consulta com seu veterinário o mais rápido possível. A saúde do seu gato é sua responsabilidade.

Lembre-se, alimentar seu gato de forma saudável é a melhor maneira de garantir que ele tenha uma vida feliz e longa. Aproveite essas dicas simples para tornar a dieta do seu gato mais saudável e variada, promovendo o bem-estar do seu animal de estimação.

Conclusão

Oferecer a quantidade ideal de ração para seu gato pode ser uma tarefa desafiadora, mas é crucial para manter seu animal de estimação saudável e feliz.

Compreender a quantidade certa de alimentos que seu gato precisa diariamente de acordo com sua idade e peso, bem como escolher a melhor ração, são fatores essenciais para uma alimentação adequada.

Ao alimentar seu gato, certifique-se de sempre fornecer água fresca e consulte um veterinário se houver mudanças em sua dieta ou saúde. Com essas dicas simples, você pode garantir que seu felino tenha uma dieta saudável e equilibrada em todas as fases de sua vida.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *