cachorro comendo sozinho

Alimentos tóxicos: 8 alimentos proibidos para cães

Você sabia que assim como os humanos, os alimentos também podem ser tóxicos para os cães? Alguns alimentos podem ser perigosos e até mesmo fatais para os nossos amigos peludos.

Por isso, é importante conhecer quais são os alimentos proibidos para evitar envenenamentos e problemas de saúde nos nossos bichinhos. Nesse blog, vamos listar os 8 alimentos que os cachorros não podem comer e explicar os riscos associados a cada um deles.

Além disso, vamos dar dicas sobre como prevenir a ingestão desses alimentos e qual é a alimentação adequada para manter o seu cão feliz e saudável. Afinal, nosso objetivo é cuidar bem do bem-estar dos nossos companheiros caninos. Acompanhe!

O que os cães não podem comer?

Seu cão faz parte da família, mas quando chega a hora das refeições é melhor tratá-lo de forma diferente. Há muitos alimentos que os cães devem evitar. É fácil aprender que alimentos não deve dar ao seu cão e é igualmente importante mantê-los selados e fora do seu alcance. A lista abaixo indica alguns dos alimentos que são perigosos para os cães. Garanta que toda a família, especialmente as crianças, sabe o que é proibido dar ao seu cão.

cachorro comendo frutas
cachorro comendo frutas

Nozes macadâmia

Muito comum em bolachas e doces, as nozes macadâmia podem provocar vómitos, fraqueza e hipertermia em cães. Então, se seu cão estiver a pedir aquela bolacha ou pedaço de bolo que contém nozes macadâmia, recuse com amor. Não arrisque a saúde do seu cão só porque ele tem aquele olhar sedutor.

Cebola e alho

Outro alimento que nunca deve dar ao seu cão é a cebola. Em grandes quantidades a cebola pode provocar irritação gastrointestinal nos cães e até anemia. O alho contém compostos semelhantes e, portanto, também deve ser evitado. Então, lembre-se de não compartilhar aquele pedaço de pizza com cebola ou alho com seu cãozinho.

Carne crua e ovos crus

Apesar de poder parecer a alimentação natural dos carnívoros, a carne crua pode conter bactérias que podem provocar uma intoxicação ao seu cão. Isso inclui ovos crus também. O preparo adequado desses alimentos é muito importante para evitar doenças nos cães. Então, evite o conselho de algumas amizades e nunca ofereça carne crua ao seu cão.

Chocolate

A maioria das pessoas sabe que os cães não podem comer chocolate porque pode provocar vómitos, diarreia e até a sua morte. O chocolate preto e o chocolate de culinária têm uma maior percentagem de teobromina, que é tóxica para os cães. Então, se você quiser oferecer um presente ao seu cão, dê um brinquedo ou algo que ele possa utilizar para se divertir. Nós garantimos que ele vai ser mais feliz e saudável sem o chocolate.

cachorro comendo chocolate
cachorro comendo chocolate

Grapes e uvas-passa

As uvas e uvas passas podem provocar insuficiência renal e devem ser sempre evitadas. Mesmo pequenas quantidades podem ter um grande impacto na saúde do seu cão. Então, evite oferecer uvas como petiscos ao seu cão, pois isso é algo muito perigoso.

Alimentos com xilitol

O xilitol é um adoçante artificial utilizado em muitos produtos sem açúcar, tais como pastilhas elásticas e doces. Se sua intenção é dar um susto no seu animal de estimação, oferecer alimentos com xilitol seria uma boa opção. Mas se você quer que ele esteja saudável e feliz, não dê esses alimentos.

Ossos e espinhas

Dar ossos e espinhas ao seu cão pode parecer uma boa ideia, mas pode causar problemas graves, como quebrar os dentes, lesões na boca e no trato gastrointestinal. Um cão deve ter um brinquedo para roer que seja seguro e adequado para ele. Então, ofereça ao seu cão um brinquedo de roer e tenha certeza de que ele estará saudável e seguro.

Laticínios

Leite e outros produtos lácteos contêm açúcar e gordura, o que pode causar diarreia e outros problemas gastrointestinais em cães. Além disso, muitos cães são intolerantes à lactose e não seria justo oferecer a eles algo que os fará doentes. Então, ofereça alimentos que são seguros e saudáveis para o seu cão.

Riscos associados aos alimentos tóxicos

Sintomas de envenenamento alimentar em cães

Os sintomas de envenenamento alimentar em cães incluem vómitos, diarreia, tosse, respiração ofegante, aumento da frequência cardíaca, fraqueza, tremores e convulsões. Se você notar algum desses sintomas, é importante procurar ajuda médica imediata.

Toxinas encontradas em alimentos tóxicos

Os alimentos tóxicos podem conter toxinas como tremorgenic mycotoxins (encontrados nas nozes macadâmia), meta-hemoglobinizantes (encontrados na cebola e alho), teobromina (encontrado no chocolate), ácido oxálico (encontrado nas uvas) e muitas outras substâncias prejudiciais.

Impacto em longo prazo em cães

O impacto em longo prazo pode variar de doença crônica a problemas renais e hepáticos, e até mesmo à morte. Por isso é importante garantir que seu cão não coma alimentos tóxicos.

Que alimentos são seguros para os cães?

Carne magra cozida

Hambúrguer pode parecer uma boa opção para o seu cão, mas existem muitas alternativas saudáveis para carnes com alto teor de gordura. Você pode oferecer carne magra, como carne de frango ou peru cozida, para suprir as necessidades nutricionais do seu cão.

pit bull com uma criança
pit bull com uma criança

Frutas e vegetais frescos

Frutas como maçãs, banana e morangos são boas opções para o seu cão. Os vegetais como cenoura, abobrinha e brócolis também são uma boa escolha. Certifique-se de lavar e cortar esses alimentos antes de oferecer para o seu cão.

Grãos integrais

Os grãos integrais, como arroz e aveia, são ricos em nutrientes e oferecem muitos benefícios para a saúde do seu cão.

Seja por culpa ou por acidente, proporcionar comida tóxica ao seu animal de estimação pode ter efeitos graves em sua saúde. Apenas uma pequena quantidade de alimentos perigosos pode ter consequências dramáticas para a saúde de um cão.

Sintomas de envenenamento alimentar em cães

Os sintomas de envenenamento podem variar de acordo com o tipo de alimento que foi ingerido. Alguns alimentos podem causar sintomas leves, como diarréia e vômito, enquanto outros podem causar danos irreparáveis ao corpo do animal. Os sinais de alerta de uma intoxicação alimentar aguda incluem:

  • Vômito
  • Diarréia
  • Perda de apetite
  • Letargia e fraqueza
  • Tremedeira e convulsões
  • Perda de coordenação

Toxinas encontradas em alimentos tóxicos

Alguns alimentos contêm toxinas que são particularmente perigosas para os cães. Por exemplo, o chocolate contém um composto químico chamado teobromina, que é altamente tóxico para os cães.

Os cães não conseguem metabolizar a teobromina tão rápido quanto os humanos, o que pode levar a sintomas graves, como vômitos e convulsões.

As uvas também são uma fonte de toxinas perigosas para os cães. Embora sejam inofensivas para os humanos, as uvas e as passas podem causar insuficiência renal em cães.

O mesmo é verdade para cebola e alho, que contêm compostos sulfóxidos que danificam as células dos glóbulos vermelhos do cão. Outros alimentos perigosos incluem café, macadâmia, abacate, alho-poró, nozes, amendoim, cogumelos, vitaminas e guloseimas para humanos. Alguns alimentos contêm açúcar adicionado, que pode causar cáries e obesidade em cães.

cachorros com seus brinquedos
cachorros com seus brinquedos

Impacto em longo prazo em cães

Não é apenas o consumo de comida tóxica a curto prazo que pode afetar negativamente a saúde de um cão. Alguns alimentos também podem ter um impacto a longo prazo na saúde do seu animal. Uma dieta rica em açúcar, gordura e carboidratos pode levar à obesidade em cães, o que aumenta o risco de doenças como diabetes, artrite e doenças cardíacas. Alimentos muito salgados também podem causar pressão arterial alta e doenças cardíacas.

Dito isso, é essencial prestar atenção ao que o seu cão come e evitar alimentos que tenham impactos negativos na sua saúde. Para manter o seu animal de estimação saudável e feliz, alimente-o com uma alimentação balanceada e equilibrada. Evite guloseimas desnecessárias e certifique-se de que qualquer alimento humano que você forneça ao seu cão seja seguro e apropriado.

Os cães são seres vivos que necessitam ter uma alimentação balanceada e rica em nutrientes para manter sua saúde e viverem mais. E é importante saber que os cães não precisam apenas de proteína animal, mas também de frutas, legumes e outros vegetais.

Uma opção segura a dar ao seu cão é carne magra cozida, como por exemplo carne bovina magra, frango sem pele e peru. Esses alimentos são uma fonte rica de proteínas, bem como ferro, zinco e vitaminas do complexo B.

As frutas e vegetais frescos, em pequenas quantidades, são outra opção saudável para o seu cão. As frutas recomendadas são: banana, maçãs, morangos, peras, melancias, dentre outras. Além disso, elas são fontes ricas em vitaminas e fibras.

Grãos integrais são ricos em fibras e uma boa fonte de energia para os cães. Eles também contêm nutrientes como selênio, ferro e magnésio. Algumas opções de grãos integrais são arroz integral, quinoa, aveia em flocos e cevada.

cachorro adulto e cachorro filhote
cachorro adulto e cachorro filhote

Ovos cozidos são uma fonte rica em proteínas que é facilmente digerível pelos cães. Além disso, os ovos contêm ácidos graxos ômega-3, importantes para a saúde do cão.

O iogurte grego pode beneficiar a saúde do seu cão através do estímulo e manutenção de uma flora bacteriana saudável no trato digestivo, bem como fornecer uma fonte de proteína.

Por fim, a manteiga de amendoim natural pode ser um agrado saudável para o seu cão, mas atenção: ela deve ser devidamente dosada e preferencialmente dada como recompensa para o seu pet. A manteiga de amendoim contém proteína e gorduras saudáveis, mas também é alta em calorias.

Lembre-se sempre de que a alimentação do seu cão deve ser balanceada e variada, assim como a sua. Converse com um veterinário para encontrar as melhores opções de alimentos para seu animal de estimação.

O que fazer se seu cão comer algo tóxico?

Os cães são animais curiosos e gostam de explorar o mundo com o paladar. No entanto, como donos responsáveis, é importante saber o que o seu cão não pode comer e como agir caso ele coma algo tóxico.

Sinais de alerta:

Os sinais de alerta variam dependendo do alimento que o seu cão comeu, da quantidade ingerida e do tempo decorrido após a ingestão. Alguns sintomas comuns incluem vômitos, diarreia, letargia, falta de apetite, dor abdominal, salivação excessiva, perda de coordenação, tremores e convulsões. Se você notar algum desses sintomas, é importante entrar em contato com o veterinário imediatamente. Quanto mais cedo o tratamento começar, maior é a probabilidade de um resultado positivo.

cachorro confuso
cachorro confuso

O que fazer em caso de ingestão de alimentos tóxicos:

Se você suspeita que seu cão comeu algo tóxico, a primeira coisa que você deve fazer é entrar em contato com o seu veterinário imediatamente. Não tente induzir o vômito sem a aprovação do seu veterinário, pois isso pode piorar ainda mais a situação. Se seu veterinário achar adequado, ele pode recomendar dar carvão ativado ao seu cão.

O carvão ativado pode ajudar a absorver as toxinas no estômago do seu cão antes que elas sejam absorvidas pelo corpo. Além disso, é possível que o veterinário recomende fazer exames de sangue e urina em seu cão para verificar se há problemas nos órgãos internos. Dependendo do caso, pode ser necessária internação para o tratamento adequado.

Como prevenir a ingestão de alimentos tóxicos:

A melhor forma de prevenir a ingestão de alimentos tóxicos é a supervisão constante do seu cão. Sempre mantenha os alimentos tóxicos em lugares altos e seguros, fora do alcance do seu cão. Ensine sua família e amigos a não oferecer alimentos tóxicos ao seu cão e verifique sempre os ingredientes dos alimentos antes de oferecê-los ao seu animal de estimação.

Os cães são animais que gostam de comer, então você pode usar petiscos saudáveis para treinar seu cão e reforçar sua relação com ele. Existem diversas opções de petiscos naturais disponíveis no mercado ou você pode até fazer o seu próprio petisco em casa.

Conclusão

Depois de saber quais são os alimentos tóxicos para cães, é importante sempre ficar alerta para garantir que o seu amiguinho de quatro patas não tenha acesso a eles.

Além disso, é fundamental estar atento aos sintomas de envenenamento alimentar e agir rapidamente em caso de ingestão de alimentos proibidos.

Para garantir a saúde e a segurança do seu cão, opte por uma dieta balanceada e segura, oferecendo sempre alimentos saudáveis e adequados às suas necessidades.

Lembre-se que o melhor amigo do seu pet é você, e é sua responsabilidade garantir que ele esteja sempre seguro e protegido.

Então, agora que você já sabe quais são os alimentos proibidos para cães, fica mais fácil cuidar deles com carinho e segurança. E lembre-se: um pouco de humor sempre ajuda a tornar as coisas mais leves e divertidas!