cachorro lambendo seu donocachorro lambendo seu dono

Por que os cachorros gostam de lamber os donos?

Existem diversas razões pelas quais os cachorros gostam de lamber seus donos. Algumas pessoas acham isso fofo, enquanto outras consideram algo nojento.

No entanto, é importante lembrar que esse tipo de comportamento é natural nos cães e pode ter várias explicações.

Ao entender por que os cachorros gostam de lamber as pessoas, podemos aprimorar nossa relação com esses animais de estimação e tornar a convivência mais agradável e saudável.

Então, se você quer descobrir os motivos por trás desse comportamento, continue lendo este artigo.

Por que os Cachorros Gostam de Lamber os Donos

Os cachorros são animais adoráveis e são conhecidos por sua lealdade e amor incondicional. Muitas vezes, os cachorros expressam esse amor por meio de lambidas em seus donos. A lambedura excessiva pode ser um pouco irritante, mas é importante entender o porquê dos cachorros gostarem de lamber seus donos. Neste artigo, discutiremos as várias razões pelas quais os cachorros adoram lamber seus donos, bem como os possíveis problemas que podem surgir com esse comportamento.

cachorro com seu dono
cachorro com seu dono

Por que os Cachorros Gostam de Lamber os Donos:

1. Instinto de Filhote: Os cachorros são animais com forte instinto de filhote, o que significa que eles sentem a necessidade de lamber para estabelecer a conexão com sua mãe durante a fase de amamentação. O hábito se desenvolve como uma maneira de se sentirem seguros e confortáveis. Quando um cachorro cresce, ele tende a transferir esse comportamento para o dono.

2. Exibição de Afeição: Outra razão pela qual os cachorros gostam de lamber seus donos é que é uma forma de expressar afeto. Eles querem mostrar o quanto amam seus donos e a lambedura pode ser vista como um gesto de carinho. Os cachorros percebem que seus donos reagem positivamente a essa demonstração afetiva.

3. Busca por Nutrientes: A lambedura também pode ser uma forma dos cachorros buscarem nutrientes, como sal e outros minerais, que podem estar presentes na pele dos seus donos. Isso é comum em cachorros que têm dieta deficiente em nutrientes importantes. No entanto, é importante observar que esse comportamento deve ser controlado, pois pode levar a uma situação em que os cachorros lambem excessivamente os seus donos, causando lesões.

4. Sinal de Submissão: Os cachorros podem lamber também para mostrar submissão ao líder da matilha. Quando eles lambem seus donos, estão agindo de maneira submissa, reconhecendo a liderança do dono. É uma forma de mostrar que eles confiam no dono e estão felizes em estar na posição de subserviência.

5. Expressão de Comportamento Ansioso: A lambedura excessiva também pode ser um sinal de comportamento ansioso. Os cachorros que estão se sentindo ansiosos ou estressados podem lamber compulsivamente como uma forma de acalmar-se ou como uma maneira de aliviar a tensão. É importante entender as razões para o comportamento ansioso do cachorro e ajudá-lo a lidar com esses sentimentos de maneira saudável.

cachorro com sua dona
cachorro com sua dona

6. Hábito Adquirido: Os cachorros podem simplesmente ter adquirido o hábito de lamber seus donos ao longo do tempo. Eles podem ter começado a fazer isso como uma forma de obter atenção e, com o tempo, o hábito se tornou um comportamento natural.

Possíveis Problemas que Podem Surgir: Embora seja considerado um comportamento comum, existem alguns problemas que podem surgir quando os cachorros lambem excessivamente seus donos. Alguns desses problemas incluem a possibilidade de desenvolver lesões por lambidas excessivas, a transmissão de bactérias e doenças, o desenvolvimento de comportamento compulsivo em cachorros, a dependência emocional do dono e a impossibilidade do cachorro de interagir com outros cachorros.

Conclusão

Os cachorros são animais adoráveis ​​que muitas vezes nos enchem de alegria, e a forma como eles nos cumprimentam é comum entre eles. Um dos comportamentos que eles fazem com frequência é lamber seus donos.

cachorro cheirando seu dono
cachorro cheirando seu dono

Mas, por que será que eles fazem isso? Nesta postagem, discutimos algumas possíveis razões pelas quais nossos amigos de quatro patas gostam tanto de lamber seus donos.

Como mencionamos anteriormente, um instinto de filhote pode ser uma das razões pelas quais os cachorros gostam de lamber seus donos.

Isso acontece porque os filhotes lambem suas mães para estimular o leite de suas mamães caninas, além de indicar que eles estão com fome e precisam ser alimentados.

Dessa forma, os cachorros adultos veem seus donos como uma espécie de figura maternal, o que pode levar ao comportamento de lamber.

Além disso, os cães podem lamber seus donos como uma maneira de exibir afeição. E

les tentam expressar o amor e o carinho que têm por nós por meio de gestos físicos, muitas vezes lambendo-nos na face ou nas mãos. Outra explicação para esse hábito é que os cachorros podem estar procurando nutrientes, como o sal que é encontrado no suor humano.

Para algumas raças de cachorro, lamber também pode ser um sinal de submissão. Isso geralmente é visto em cães que são muito submissos aos seus donos, o que faz com que eles lambam como uma maneira de mostrar obediência.

Em alguns casos, lamber excessivamente pode ser um reflexo do comportamento ansioso do cão, já que essa ação pode ajudá-lo a se acalmar.

Por fim, o hábito de lamber pode ter sido adquirido ao longo do tempo, o que significa que o cão pode ter aprendido que lamber é uma forma aceitável de interação social.

Embora lamber não seja um problema em si, há algumas preocupações de higiene associadas a este comportamento, especialmente se o cão estiver lambendo o rosto das pessoas.

Então, há algumas razões diferentes pelas quais um cão pode gostar de lamber seu proprietário, e a razão específica pode depender do indivíduo.

Como dono de um cachorro, é importante estar ciente desses motivos e garantir que seu animal de estimação esteja em uma situação confortável e saudável.

Portanto, se a língua peluda do seu cachorro o incomoda, você pode tentar redirecionar seu comportamento para outras formas de interação social que você ache mais apropriadas.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *