cachorro calmo no parquecachorro calmo no parque

4 Maneiras para Acalmar o Seu Cão

Quando se trata de cuidar do nosso cão, acalmar a ansiedade é uma das maiores preocupações. O estresse e a ansiedade nos nossos amigos caninos podem levar a vários problemas graves de comportamento e de saúde. Nós escrevemos este artigo para ajudar a entender porque acalmar o seu cão é tão importante, os problemas comuns causados por cães ansiosos e como fazê-lo sem sedativos.

Por que acalmar o seu cão é importante? Cães ansiosos enfrentam uma variedade de riscos para a saúde, incluindo uma menor expectativa de vida, menor imunidade e um maior risco de doenças cardíacas e diabetes. Mas além disso, a ansiedade também pode levar a problemas comportamentais graves, como agressão, destruição e problemas no treinamento. Isso pode colocar o seu cão e outras pessoas e animais em risco.

cachorros brincando
cachorros brincando

Problemas comuns causados por cães ansiosos: Os cães ansiosos podem apresentar comportamentos prejudiciais, como latidos excessivos e agressividade, que podem levar a problemas com os vizinhos, cuidadores e outros cães. Além disso, a ansiedade também pode levar à destruição de objetos pessoais e móveis dentro de casa, o que pode ser caro e muito frustrante para os donos dos animais.

Como acalmar o seu cão sem sedativos: A maioria dos donos de animais prefere reduzir a ansiedade do cão sem sedativos. O treinamento é a melhor maneira de acalmá-los e, além disso, mudanças no ambiente também podem ajudar.

Porém, antes de tentar modificar o comportamento de um cão, é importante que consulte um veterinário e/ou um treinador de cães para obter um diagnóstico preciso e planos específicos que irão ajudar o seu cão a lidar com a ansiedade, para resultar em um cão mais feliz e saudável.

Treinando a Calma

Ensinar o seu cão a sentar e ficar é um passo importante para acalmá-lo. Aprender a manter uma posição específica pode ajudar a reduzir a ansiedade do cão. Você pode recompensar seu animal de estimação com um petisco ou uma brincadeira para motivá-lo a manter uma posição específica.

No entanto, é importante lembrar que é preciso ter paciência ao ensinar o seu cão a sentar e ficar, pois pode levar algum tempo para que ele consiga dominar esse comportamento.

Ensinar o seu cão a manter o contato visual é outra forma eficaz de acalmar seu animal. Quando você faz contato visual com seu cão, ele se sente mais seguro e conectado com você. Alguns cães têm dificuldade em manter o contato visual, então comece com sessões curtas e recompense-os sempre que eles se comportarem bem.

cachorro brincando com papel
cachorro brincando com papel

Ensinar o seu cão a controlar a respiração é uma maneira fácil de melhorar sua ansiedade. Você pode treinar seu cão para respirar fundo e lenta e regularmente. Comece elogiando-o sempre que ele respirar corretamente e recompensando-o quando ele mantiver a respiração adequada por um período prolongado.

Praticar a calma em situações diferentes também é um passo importante. Comece com sessões de treinamento curtos e progressivamente aumente a duração. Gradualmente comece a apresentar estímulos diferentes ao seu cão para que ele possa ficar calmo enquanto estímulos estão presentes.

Criando um Ambiente Calmo

Para acalmar o seu cão, você precisa criar um ambiente que transmita tranquilidade e segurança para ele. Um ambiente calmo é fundamental para ajudar o seu cão a lidar com a ansiedade e o estresse. Aqui estão algumas dicas para criar um ambiente que ajude a acalmar o seu cão:

Conforto físico do cão:

O conforto físico do seu cão é muito importante para a sua saúde emocional e mental. Certifique-se de que ele tenha um lugar confortável para descansar e dormir. Uma cama aconchegante, um cobertor macio e um travesseiro confortável podem ajudar a acalmar o seu cão e fornecer-lhe um lugar seguro. Além disso, certifique-se de que as condições ambientais sejam adequadas para o seu cão. A temperatura, a umidade e a ventilação devem ser controladas para o bem-estar do seu cão.

Estimulação mental:

A estimulação mental é essencial para manter o seu cão calmo. O tédio e a falta de estímulo mental podem aumentar a ansiedade do seu cão. Certifique-se de que ele tenha brinquedos e jogos adequados para a sua idade, tamanho e temperamento. Além disso, leve o seu cão para passear diariamente. Os passeios são uma ótima oportunidade para o seu cão explorar o mundo e se divertir. O exercício mental e físico ajudará a reduzir a agitação e o estresse do seu cão.

cachorros brincando
cachorros brincando

Rotinas previsíveis:

Os cães são animais de rotina. Eles gostam de saber o que esperar em determinadas horas do dia. Estabeleça uma rotina diária para o seu cão, incluindo as horas das refeições, passeios, brincadeiras e descanso. Isso ajudará o seu cão a se sentir seguro e relaxado, sabendo o que acontecerá em seguida. Se o seu cão estiver ciente do que acontecerá em seguida, ele será menos propenso a ficar ansioso.

Reduzir o nível de ruído:

Ruídos altos e perturbadores podem aumentar a ansiedade do seu cão. Certifique-se de que o seu cão tenha um lugar tranquilo e silencioso para descansar. Além disso, tente reduzir os ruídos desnecessários em torno do seu cão. Você pode usar tampões de ouvido ou música suave para ajudar a reduzir o nível de ruído.

Limitar o estímulo visual:

Estímulos visuais excessivos podem ser estressantes para o seu cão. Certifique-se de que o seu cão tenha um lugar tranquilo e escuro para descansar. Além disso, evite deixar a TV ou outros dispositivos eletrônicos ligados o tempo todo. O excesso de luz e de estímulo visual pode causar ansiedade e estresse no seu cão.

Feromônios calmantes:

Os feromônios são substâncias químicas naturais que são liberadas pelos cães para se comunicar uns com os outros. Os feromônios calmantes podem ajudar a acalmar o seu cão em situações estressantes. Sprays, difusores ou colares de feromônios podem ser usados para ajudar a acalmar o seu cão.

Criar um ambiente calmo para o seu cão pode ajudar a reduzir a ansiedade e o estresse. Certifique-se de fornecer ao seu cão um ambiente confortável, com estímulo mental adequado, rotinas previsíveis, limite de estímulos visuais e sonoros e uso de feromônios calmos. Com estas dicas, o seu cão pode viver mais feliz e saudável.

cachorros brigando
cachorros brigando

Exercício Físico

Assim como nós, cães também precisam se exercitar diariamente para manter uma boa saúde física e mental. O exercício é uma ótima forma de liberar a energia acumulada e ajudar a acalmar cães ansiosos.

Benefícios do exercício para cães:

Existem muitos benefícios em proporcionar exercícios para seu cão. Além de ajudar a manter um peso saudável, o exercício ajuda a melhorar a respiração e circulação sanguínea, aumenta a força muscular e a flexibilidade, e melhora a saúde mental e comportamental do seu cão.

Tipos de exercício físico para cães:

Existem muitos tipos de exercícios que podem ser feitos com seu cão, desde caminhadas leves até atividades mais intensas. Uma excelente opção é a corrida, que pode ser praticada em uma área segura e controlada, como um parque para cães. Também há opções como natação, jogos de busca e brincadeiras com brinquedos interativos.

Criando uma rotina de exercícios:

Para estabelecer uma rotina de exercícios, é importante considerar a idade, raça e condição física do seu cão. Comece com atividades mais simples e aumente a intensidade gradualmente. É importante lembrar-se de manter seu cão hidratado e garantir que ele tenha tempo suficiente para descansar após o exercício.

Ao proporcionar exercícios diários para o seu cão, você está ajudando a manter uma vida saudável e feliz para ele. Lembre-se de supervisionar o exercício e sempre fazer uma consulta com um veterinário antes de iniciar uma nova rotina de exercícios.

Conclusão

Acalmar o seu cão é fundamental para mantê-lo calmo e feliz. Ensinar técnicas de calma, criar um ambiente tranquilo e garantir exercícios regulares são algumas maneiras de ajudar o seu cão a se acalmar. Persistência e paciência são essenciais ao ajudar o seu cão a superar a ansiedade. Com tempo e prática, é possível ajudar o cão a se sentir mais relaxado e confortável em seu ambiente.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *