cachorro vendo seu rabocachorro vendo seu rabo

Pesquisadoras buscam desvendar o mistério por trás dos cães que perseguem o próprio rabo.

Introdução

Os cães são animais maravilhosos e companheiros leais para muitas pessoas. Muitos proprietários de cães notaram e se divertem com o comportamento de seus cães que perseguem o próprio rabo. É fascinante assistir um cachorro girar sem parar tentando alcançar o próprio rabo, o que nos faz questionar: por que eles fazem isso?

Desde os primeiros estudos sobre comportamento canino, pesquisadores têm tentado desvendar o mistério por trás desse comportamento. Curiosidades que surgiram na observação de muitos cães em ação, resultaram em pesquisas e estudos que oferecem respostas para comportamentos comuns e incomuns.

Através dos esforços de muitos profissionais, os donos de cães têm agora uma compreensão mais profunda sobre o comportamento de perseguir o próprio rabo. A pesquisa sobre o comportamento canino é uma área em constante evolução. Como resultado, há um histórico substancial de estudos sobre o comportamento dos cães.

dois cachorros
dois cachorros

No entanto, pesquisas em torno do comportamento de perseguir o próprio rabo dos cães são relativamente recentes. Mais ainda, a pesquisa sobre o comportamento de perseguir o próprio rabo dos cães tem se concentrado no entendimento e tratamento dos transtornos de comportamento obsessivo-compulsivo em animais de estimação.

O objetivo deste estudo é, portanto, fornecer informações mais detalhadas e precisas sobre o comportamento de perseguir o próprio rabo de cães.

Vamos entender as razões pelas quais algumas raças são mais propensas a esse comportamento, explorar os fatores que influenciam esse comportamento e fornecer informações úteis e práticas sobre como ajudar o seu cão a superar esse comportamento, caso seja necessário.

Compreendendo o comportamento

É normal que sejamos curiosos sobre o comportamento canino, especialmente quando se trata de hábitos engraçados e aparentemente sem sentido, como perseguir o próprio rabo.

O comportamento de perseguir o rabo é algo que pode ser visto independentemente da raça ou idade do cão, mas há algumas raças que são mais propensas a fazê-lo, como os Bulldogs, que têm caudas curtas e costumam enfrentar problemas de saúde relacionados ao movimento da cauda.

Mas, afinal, o que é o comportamento de perseguir o rabo? Embora não haja uma resposta única e definitiva, especialistas acreditam que isso pode ser um comportamento natural de caça, já que cães na natureza tendem a perseguir e morder as partes traseiras de animais menores como coelhos e roedores.

Além disso, o tédio e a falta de exercício físico podem ser culpados, já que cães com excesso de energia tendem a procurar maneiras de se entreter, e perseguir o próprio rabo pode ser uma opção.

É importante lembrar que muitas vezes o comportamento de perseguir o próprio rabo não é motivo para preocupação e pode ser um comportamento normal e saudável. No entanto, se o cão estiver perseguindo o rabo com muita frequência, ou se estiver mordendo ou lambendo a cauda com muita força, pode ser um sinal de ansiedade e transtornos obsessivo-compulsivos (TOC).

dalmata
dalmata

Além disso, fatores externos também podem influenciar esse comportamento, como problemas de saúde que causam dor, coceira ou irritação na cauda ou no ânus, problemas de comportamento relacionados ao treinamento inadequado, a falta de atenção e carinho, e até mesmo outras pessoas ou animais em casa que possam estar incomodando o cão.

A compreensão dos fatores que influenciam o comportamento de perseguir o rabo pode ajudar os donos de cães a identificar as causas do comportamento e a buscar os tratamentos adequados. Na próxima seção deste artigo, veremos algumas opções para tratar o comportamento de perseguir o próprio rabo do seu cão.

Descobrindo as causas

Compreendendo o comportamento de perseguir o rabo é importante para descobrir as possíveis causas. Embora não haja uma única causa, há vários fatores que contribuem para esse comportamento estranho.

Comportamento natural de caça:

Acredita-se que esse comportamento seja resultado do instinto natural de caça dos cães. Eles perseguem seu próprio rabo porque ele se move, o que faz com que pareça uma presa. No entanto, a maioria dos cães não perseguirá seu rabo incessantemente a ponto de se machucarem.

Tédio e falta de exercício físico:

Cães que não exercem energia suficiente muitas vezes exibem comportamentos estranhos, como perseguir o próprio rabo. Isso pode ser evitado por meio da prática regular de exercícios físicos. Além disso, pets que passam a maior parte do tempo sozinhos em casa são mais propensos a desenvolver esse comportamento.

Ansiedade e transtornos obsessivo-compulsivos:

Em alguns casos, esse comportamento pode ser visto como parte de um transtorno obsessivo-compulsivo. Cães que sofrem de ansiedade ou são muito sensíveis são mais suscetíveis a essa condição.

Problemas de saúde:

Problemas de saúde, como alergias, irritação de pele, pulgas e carrapatos, podem causar coceira no rabo do cão. Isso pode levar ao comportamento de perseguir o rabo como resposta.

criança com cachorro
criança com cachorro

A compreensão dessas possíveis causas pode ajudar a determinar a melhor forma de tratar o comportamento de perseguir o rabo dos cães. Se o comportamento for causado pelo tédio, a solução seria aumentar as atividades físicas e mentais, como jogos interativos com brinquedos. Para transtornos obsessivo-compulsivos, é recomendável o treinamento comportamental ou o uso de medicamentos prescritos por um veterinário.

Em resumo, o comportamento de perseguir o próprio rabo dos cães tem várias possíveis causas, incluindo o próprio instinto natural de caça, tédio e falta de exercícios, ansiedade, transtornos obsessivo-compulsivos e até mesmo problemas de saúde. A chave para tratá-lo com sucesso é compreender a causa subjacente e ajustar o ambiente e o comportamento do cão de acordo.

Tratando o comportamento

Enquanto ver nossos cachorros perseguindo o próprio rabo pode ser uma visão engraçada, pode ser um sinal de um comportamento compulsivo ou até mesmo um problema de saúde. Felizmente, existem várias maneiras de tratar esse comportamento, incluindo exercícios físicos e mentais apropriados, treinamento de obediência e comportamento, e, em alguns casos, medicação.

Exercícios físicos adequados são uma das maneiras mais importantes de ajudar a evitar esse comportamento. Cães precisam de uma quantidade suficiente de atividade para gastar sua energia, e quando eles não conseguem encontrar uma saída para essa energia, eles podem se tornar distraídos e começar a perseguir o próprio rabo.

A realização de caminhadas regulares e brincadeiras com seus cães pode ajudar a mantê-los mental e fisicamente saudáveis, além de reduzir a probabilidade de comportamentos obsessivos.

cachorro no hotel
cachorro no hotel

Além disso, exercícios mentais também são importantes. Jogos de busca, caça, e enigmas simples são apenas algumas das maneiras de exercitar a mente do seu cão. Jogos que envolvem recompensas também podem ajudar a estimular o seu animal de estimação a se concentrar e aprender novos comportamentos.

Treinamentos de obediência e comportamento também são úteis na prevenção de comportamentos obsessivos. Ensinar comandos básicos como “sentar”, “ficar” e “venir” ajudam o pet a aprender sobre recompensas e como se comportar em situações diferentes. Além disso, ao proporcionar um ambiente tranquilo e previsível, você ajuda na prevenção da ansiedade que pode levar a comportamentos obsessivos.

Em alguns casos, a medicação pode ser necessária para ajudar a tratar comportamentos obsessivos. No entanto, é importante lembrar que a medicação deve ser usada em conjunto com as estratégias de exercício e treinamento mencionados anteriormente. Converse com seu veterinário para escolher o tratamento que melhor se adapta às necessidades individuais do seu cão.

Com um pouco de paciência e dedicação, é perfeitamente possível ajudar o seu cão a superar os comportamentos obsessivos que levam à perseguição do rabo. Ao incorporar exercício, treinamento e, em alguns casos, medicação, você pode ajudar a garantir a felicidade e saúde do seu animal de estimação.

Conclusão

Os cães são animais maravilhosos e fascinantes, e o comportamento de perseguir o próprio rabo é engraçado e curioso para muitos donos de animais de estimação. No entanto, esse comportamento pode ser um sinal de problemas mais sérios de saúde física e mental.

Neste estudo, pesquisadores procuraram descobrir as causas por trás desse comportamento canino, bem como tratamentos e soluções para ajudar os cães que sofrem com essa condição.

As causas do comportamento de perseguir o rabo incluem instintos naturais de caça, tédio e falta de exercício físico, ansiedade e transtornos obsessivo-compulsivos e problemas de saúde. Para tratar o comportamento, os cães precisam de exercícios físicos e mentais apropriados, treinamento de obediência e comportamento e, em alguns casos, medicação prescrita pelo veterinário.

Este estudo é uma importante fonte de informação para os donos de animais de estimação que desejam entender o comportamento canino e ajudar seus cães a levar uma vida mais saudável e feliz. É fundamental que os donos percebam que o comportamento de perseguir o rabo pode ser um sinal de problemas subjacentes, e buscar ajuda profissional é essencial para garantir que seus animais de estimação recebam os cuidados adequados.

Em resumo, é importante lembrar que os cães são seres vivos que merecem atenção e cuidado. O comportamento de perseguir o rabo pode parecer engraçado, mas pode ser um sinal de problemas mais graves. Com tratamentos e soluções apropriados, os cães podem levar uma vida saudável e feliz, livres de ansiedade e problemas comportamentais.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *