cachorro filhote

Os segredos da mudança de cor nos filhotes de cachorro

Você já reparou o quanto os filhotes de cachorro mudam com o tempo?

A mudança pode ir além da aparência fofa e do tamanho crescente.

A cor e o padrão do pelo do filhote também podem mudar à medida que ele cresce.

Neste blog, vamos explorar os segredos por trás dessa mudança de cor e o que os tutores precisam saber para cuidar da pelagem em constante transformação.

Se você é um amante de cachorros, este blog é para você!

Mudanças na cor e padrões do pelo dos filhotes

Quando adotamos um filhote de cachorro, é natural que fiquemos encantados com sua aparência fofa e pelagem macia. No entanto, é importante lembrar que a aparência do pelo de um filhote pode mudar à medida que ele cresce.

Mudanças na cor e padrões do pelo dos filhotes

Como funciona a mudança de cor? Muitas vezes, os filhotes de cachorro nascem com uma pelagem diferente daquela que terão na vida adulta. Isso ocorre porque os filhotes ainda estão desenvolvendo seu sistema de produção de pigmentos. Além disso, os filhotes têm uma única camada de pelo macio que é substituída pela pelagem adulta à medida que envelhecem.

Raças comuns com mudanças de cor

Existem diversas raças de cachorro que apresentam mudanças de cor na pelagem quando envelhecem. Dentre as raças mais conhecidas estão o dálmata e o shih-tzu. Os dálmatas nascem com pelos brancos e as manchas características geralmente não aparecem até que tenham algumas semanas de idade. Já os filhotes de shih-tzu que nascem com pelos nas cores preto e branco tendem a manter essa coloração, mas os que têm outras tonalidades geralmente têm sua cor final revelada apenas na fase adulta.

Fatores que afetam a mudança de cor

Embora a genética seja o principal fator que determina a cor do pelo de um cão, outros fatores também podem influenciar a mudança de cor. O ambiente e a alimentação podem afetar a cor da pelagem, bem como a exposição ao sol e a presença de determinados hormônios e vitaminas.

cachorro com perna pequena
cachorro com perna pequena

Quando as mudanças ocorrem

Mudanças na cor e padrões do pelo dos filhotes

Os filhotes de cachorro são criaturas adoráveis, com rostos e corpos peludos que fazem todos quererem apertá-los e abraçá-los.

Entretanto, a aparência deles quando adultos pode ser bem diferente daquela quando ainda filhotinhos.

O pelo deles é uma das características físicas que mais surpreendem seus donos.

Isso porque a maioria das raças passa por mudanças na cor e no padrão do pelo ao longo do tempo.

Como funciona a mudança de cor?

Os filhotes recém-nascidos têm pelagem macia que pode ser de uma única cor ou de várias cores.

Com o tempo, é comum que a tonalidade original do pelo mude, escureça ou clareie.

Isso ocorre porque o peso e a alimentação do filhote afetam a produção de pigmentos naturais do pelo.

Raças comuns com mudanças de cor

Algumas raças são conhecidas por terem mudanças significativas na cor e no padrão do pelo com o amadurecimento.

O dálmata, por exemplo, nascem totalmente brancos e as manchas começam a aparecer com o passar das semanas.

cachorro pequeno
cachorro pequeno

O Lulu da Pomerânia pode levar até dois anos para desenvolver a pelagem adulta completa.

Fatores que afetam a mudança de cor

A qualidade da alimentação do filhote, assim como fatores ambientais e genéticos, pode constituir um papel importante na aparência da pelagem e na mudança da cor.

Raças de dupla pelagem, como Huskies, possuem uma pelagem externa que é feita para proteger a parte inferior.

A pelagem interna cresce durante a aprimoramento e assume o lugar da pelagem inferior quando o bicho é mais velho, provocando uma mudança visual muito significativa.

Idade dos filhotes e momentos de mudança

A maioria dos filhotes começa a perder a pelagem e a ganhar a pelagem comum entre 4 e 6 meses.

Cada raça tem seu tempo de maturação que pode levar meses ou até mesmo anos.

Os pais dos filhotes podem dar uma indicação das mudanças que devem ser esperadas, com registros fotográficos das ninhadas anteriores.

Isso pode ajudar a dar uma ideia de como serão as cores e padronagens do pelo quando o filhote se tornar adulto.

Cuidados para garantir a saúde da pelagem

Para garantir a saúde da pelagem do filhote, é preciso observar seu bem-estar pessoal, nutrição, brincadeiras e produtividade, proporcionando uma vida saudável e feliz para ele.

Os proprietários podem ajudar a garantir que a pelagem continue bonita e saudável, cuidando da nutrição do filhote e da higiene do pelo.

Além disso, um veterinário deve ser consultado para avaliar se o filhote está recebendo os nutrientes corretos e para fazer uma limpeza e verificação do pelo.

A mudança de cor nos filhotes de cachorro é algo comum e natural, que pode ser afetado por diversos fatores, como a alimentação, o ambiente e a genética do bicho.

Quando compramos filhotes, é importante estar ciente de que a pelagem provavelmente mudará com o tempo e que, sendo os cuidados corretos com a nutrição e higiene, é possível ajudar a garantir que o animal tenha uma pelagem saudável e bonita.

Considerações sobre o cuidado com a pelagem

Uma boa pelagem é um dos indicadores mais visíveis do bom estado geral de saúde de um animal.

Embora a mudança na cor da pelagem seja comum, problemas maiores podem surgir se não forem tomadas precauções no cuidado adequado da pele e fios.

cachorro com orelha caida
cachorro com orelha caida

Identificação precoce de problemas de pigmentação e pelagem:

Para manter a saúde do pelo de um cão, é importante examinar regularmente a pele dos animais.

Olhe para manchas ou lesões na pele, coceira, vermelhidão, descamação ou caracterização anormal do pelo.

Muitos problemas de pele em cães são causados ​​por alergias e é importante lembrar que algumas alergias são sazonais.

É importante falar com um veterinário imediatamente se vir qualquer anormalidade na pele ou na pelagem do cão, porque a detecção precoce pode ajudar a tratar um problema de pele mais sério antes que ele se torne um problema maior.

Seleção de alimentos e nutrientes para uma pelagem saudável:

A nutrição adequada pode ter um grande impacto na qualidade e aparência da pelagem do cão.

A seleção de alimentos que têm uma boa quantidade de proteína e Omega 3 e 6 pode ajudar a melhorar e manter a pelagem do cachorro saudável.

Alimentos que contêm ácidos graxos essenciais, como o salmão, ajudam a nutrir a pele e os pelos e podem, por sua vez, ajudar a prevenir a aparência de problemas de pelagem e perda de cabelo.

Além disso, mantenha seu animal de estimação hidratado e lave-o regularmente.

cachorro na praia de santos
cachorro na praia de santos

Uma pelagem limpa e bem cuidada não só parece melhor, mas também ajuda a prevenir parasitas indesejados, como pulgas e carrapatos.

É importante lembrar que o cuidado da pelagem do cão deve ser visto como uma rotina regular e importante e não apenas como uma tarefa única.

Conclusão

Em conclusão, a mudança de cor e padrões de pelos nos filhotes de cachorro é um processo natural e bastante comum. Algumas raças são mais propensas a mudanças de cor, enquanto outras tendem a manter as mesmas características físicas ao longo de sua vida.

A mudança de cor pode ser influenciada por fatores genéticos e ambientais, e é importante garantir nutrientes adequados para manter uma pelagem saudável. É essencial que os tutores de filhotes fiquem atentos a anomalias na textura ou cor do pelo do animal, a fim de identificar precocemente problemas de pigmentação e pelagem.

Selecionar alimentos e nutrientes adequados também é fundamental para garantir a saúde da pelagem dos filhotes. Portanto, embora a mudança de cor nos filhotes possa ser surpreendente, é importante lembrar que essa transformação é completamente normal.

Ao prestar atenção aos cuidados nutricionais e médicos necessários, os tutores podem garantir que seus filhotes cresçam felizes e saudáveis com uma pelagem linda e brilhante.