cachorro uivandocachorro uivando

Por que os cachorros uivam? Entenda o comportamento dos nossos melhores amigos

Os cães são animais fascinantes que se comunicam de diferentes maneiras. Uivar é um dos comportamentos mais interessantes e, às vezes, incompreensíveis que os cães exibem. Se você é dono de um cachorro, provavelmente já se perguntou por que seu amigo de quatro patas uiva.

Este artigo irá explorar as razões por trás do comportamento de uivar dos cães, bem como técnicas úteis para lidar com o comportamento excessivo de uivar. Entenda melhor seu melhor amigo para ter um relacionamento ainda mais feliz e saudável.

Comportamento natural dos cães

Por que os cachorros uivam? Cachorros uivam por uma variedade de razões que incluem solidão, ansiedade, necessidade de atenção, tédio, resposta a sons estranhos e muitas outras. O uivo é uma forma de comunicação natural para os cães. É importante entender as razões comuns pelas quais os cães uivam para compreender melhor suas necessidades.

Razões comuns para os cachorros uivarem

Os cães podem uivar por muitas razões diferentes. Quando os cães uivam, eles geralmente estão tentando se comunicar com seus donos ou outros cães. Os motivos comuns para uivar incluem solidão, ansiedade, resposta a sons desconhecidos, necessidade de atenção e tédio. Compreender o comportamento de uivar ajudará a entender melhor seu cachorro e garantir que ele seja feliz e saudável.

Como entender o comportamento de uivar

Os cães uivam por muitas razões diferentes e é importante entender o que seu cachorro está tentando comunicar. Observe seu cachorro e tente determinar a causa do comportamento de uivar. Isso com o tempo pode ajudar a identificar o comportamento padrão do seu cão e, consequentemente, ajudará a lidar com o comportamento excessivo de uivar.

cachorros pulando
cachorros pulando

Comportamento dos cães em diferentes situações

Cachorros uivando quando estão sozinhos em casa Se seu cão uiva quando está sozinho em casa, ele pode estar sofrendo de ansiedade de separação. Existem algumas coisas que você pode fazer para ajudá-lo a se sentir mais confortável, como deixar brinquedos e petiscos para ele, ou contratar um passeador de cães para visitá-lo durante o dia.

Cachorros uivando em resposta a sons

Se seu cão uiva em resposta a sons específicos, como sirenes, é importante ensiná-lo a ignorar esses sons ou a associá-los a algo positivo, como brincar ou receber um petisco. Isso pode ajudá-lo a se sentir menos estressado quando ouve esses sons.

Cachorros uivando por ansiedade de separação

Se o seu cachorro estiver uivando por causa da ansiedade de separação, é importante ajudá-lo a se sentir mais confortável quando você estiver fora. Você pode fazer isso ao gradualmente aumentar o tempo que ele passa sozinho em casa e fornecer-lhe brinquedos e distrações para mantê-lo ocupado.

Cachorros uivando por tédio

Se o seu cachorro estiver entediado e uivando como resultado, é importante dar-lhe mais estímulos para mantê-lo ocupado durante o dia. Você pode tentar brincar mais com ele, levá-lo para caminhadas mais frequentes ou até mesmo contratar um passeador de cães para ajudá-lo a se exercitar.

Cachorros uivando quando estão sozinhos em casa

Se o seu cachorro uiva quando está sozinho em casa, ele pode estar manifestando sinais de ansiedade de separação. Isso pode ser mais comum em cachorros que ficam muito tempo sozinhos em casa ou que não estão acostumados com a separação. Eles geralmente uivam para chamar atenção ou para se comunicar com seus tutores.

cachorro latindo
cachorro latindo

Uma maneira de ajudar a aliviar essa ansiedade é acostumar o cachorro com a ideia de que ficar sozinho é OK. Faça com que ele se habitue a ficar sozinho por pequenos períodos de tempo e, gradualmente, aumente a duração da ausência. Certifique-se de que ele tenha brinquedos e atividades para se ocupar enquanto estiver sozinho.

Cachorros uivando em resposta a sons

Cachorros são animais sensíveis e podem uivar em resposta a barulhos altos ou irritantes, como sirenes de ambulância, fogos de artifício ou música alta. Isso pode ser particularmente comum em raças mais vocais, como hounds. Para ajudar a lidar com essa situação, tente minimizar o som da fonte do barulho ou tente distrair o cachorro com um brinquedo ou atividade. Você também pode ensinar comandos de silêncio e recompensar o cachorro quando ele responder bem a eles.

Cachorros uivando por ansiedade de separação

Cachorros que sofrem de ansiedade de separação podem uivar quando seus tutores saem de casa ou quando percebem que estão prestes a ficar sozinhos. Eles também podem apresentar outros comportamentos indesejados, como mastigar móveis ou objetos pessoais. A solução para isso é gradativamente acostumar o cachorro com a separação.

Treinamento de reforço positivo pode ajudar a acalmar o animal na ausência do tutor e ajudar na compreensão de que a separação não é uma ameaça. Além disso, estabeleça uma rotina clara antes de sair de casa e certifique-se de que o cachorro se sinta seguro.

Cachorros uivando por tédio

Cachorros podem uivar quando estão entediados e não têm estímulos suficientes em suas vidas. Eles precisam de exercício, atividades estimulantes e interação social com seus tutores e outros cachorros.

Para ajudar a evitar que o cachorro uive por tédio, certifique-se de que ele esteja recebendo exercícios suficientes e brincando com brinquedos interessantes. Além disso, providencie interação social com outros cachorros e mantenha a rotina clara e consistente.

Como lidar com cachorros que uivam excessivamente

Cães uivam por uma variedade de razões: pode ser porque eles estão sozinhos, ou têm medo da tempestade, ou talvez eles estejam experimentando ansiedade de separação. Independentemente da razão, o comportamento pode ser irritante e perturbador, especialmente quando é excessivo ou fora de hora.

cachorro sendo ensinado
cachorro sendo ensinado

Felizmente, há muitas maneiras de ajudar seu cão a lidar melhor com seus sentimentos e a parar de uivar excessivamente. Uma das coisas mais importantes a fazer é evitar reforçar o comportamento indesejado. Isso pode significar não dar ao seu cão muita atenção quando ele uiva, ou não permitir que ele saia do canil ou do cômodo em que está se comportando mal. Você também pode tentar redirecionar seu comportamento, oferecendo-lhe brinquedos ou alimentos para mantê-lo distraído.

Outra coisa a fazer é aprender técnicas de treinamento que possam ajudar a mudar o comportamento de uivar. O treinamento pode incluir recompensar o comportamento desejado, como silêncio ou comportamento calmo, em vez de repreender o comportamento indesejado. Existem muitos cursos de treinamento para cães que você pode considerar, ou você pode trabalhar com um treinador pessoal para criar um plano de treinamento personalizado.

Se você está tendo problemas para lidar com o comportamento de uivar do seu cão, não hesite em buscar ajuda profissional. Um veterinário ou treinador pode oferecer suporte e aconselhamento sobre como lidar com o comportamento de uivar, bem como opções de tratamento, se necessário. Não se sinta mal em pedir ajuda – todo mundo precisa de ajuda de vez em quando!

Em última análise, a chave para lidar com o comportamento de uivar excessivo é ser paciente e consistente. Com o tempo e o treinamento adequado, seu cão pode aprender a lidar melhor com seus sentimentos e a se comportar de maneira mais desejada. Lembre-se de ser positivo e recompensar o bom comportamento, e logo você e seu melhor amigo estarão desfrutando de uma vida mais feliz e harmoniosa juntos.

Cronograma de treinamento

Agora que você compreende algumas das razões pelas quais os cachorros uivam, é hora de examinar como lidar com comportamentos de uivar indesejáveis.

  1. Estabelecer metas realistas Ao lidar com o comportamento de uivar do seu cachorro, é importante definir metas realistas para si mesmo. Não espere que o comportamento seja eliminado de uma vez, pois o treinamento leva tempo e esforço. Estabeleça metas em pequenos passos e celebre medidas progressivas.
  2. Identificar comportamentos de uivar indesejados Observe atentamente as circunstâncias sob as quais seu cachorro uiva. Identifique qual comportamento específico você deseja eliminar ou alterar. Você quer evitar que ele uive quando está sozinho em casa? Ou quer reduzir o uivo excessivo em resposta a ruídos altos?
  3. Compreender os gatilhos do comportamento de uivar Em seguida, é importante entender o que provoca o comportamento de uivar do seu cachorro. Pode ser ansiedade, tédio ou solidão. Compreender os gatilhos pode ajudá-lo a desenvolver um plano de treinamento eficaz.
  4. Desenvolver um plano de treinamento Com base em suas metas, comportamentos indesejados e gatilhos, desenvolva um plano de treinamento que o ajude a mudar o comportamento de uivar do seu cachorro. Certifique-se de que seu plano inclua reforço positivo para bons comportamentos e técnicas de distração para comportamentos indesejados.
  5. Mantenha-se consistente com o treinamento Por fim, é importante ser consistente com o plano de treinamento. Tenha paciência e continue reforçando os comportamentos desejados em intervalos regulares. Consistência e persistência são fundamentais para mudar o comportamento de uivar do seu cachorro.

Por mais desafiador que possa parecer, lidar com o comportamento de uivar do seu cachorro pode ser alcançado com metas realistas, identificação de comportamentos indesejados, compreensão dos gatilhos, desenvolvimento de um plano de treinamento eficaz e consistência no treinamento. Com persistência, você e seu cachorro podem ter uma relação mais harmoniosa e sem uivos excessivos.

cadela laika
cadela laika

Conclusão

Com tudo o que aprendemos sobre o comportamento de uivar dos cães, podemos concluir que é uma forma natural de comunicação para nossos melhores amigos.

Embora possa ser perturbador em algumas situações, é importante entender as razões por trás desse comportamento para ajudar nossos cães a lidar com suas emoções.

Ao reconhecer os gatilhos por trás do comportamento de uivar, podemos trabalhar em conjunto com nosso cão para ajudá-lo a superar suas ansiedades e se tornar mais calmo e seguro.

Com paciência, consistência e a ajuda de um profissional, podemos treinar nosso cão para parar de uivar excessivamente e ter uma vida mais feliz e harmoniosa.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *