cachorro com sua donacachorro com sua dona

Por que os cachorros viram a cabeça de um lado para o outro?

Já reparou que quando chamamos nossos cães eles tendem a virar a cabeça de um lado para o outro? Esse comportamento é um mistério para muitos donos de cães.

Neste artigo, vamos explorar as possíveis razões por trás desse comportamento, o que fazer se o cão tiver problemas neurológicos e como evitar esses problemas.

Compreendendo o comportamento dos cães

O comportamento dos cães é moldado pelo instinto. Como animais, eles são guiados por seus instintos naturais para sobreviver e se reproduzir. Isso significa que muitas vezes seu comportamento pode parecer estranho para nós seres humanos. É importante lembrar que o comportamento canino não é o mesmo que o comportamento humano e por isso podemos nos sentir confusos ao tentar entender nossos pets.

cachorro com rabo
cachorro com rabo

Outra coisa que devemos ter em mente é que os sentidos dos cães são diferentes dos nossos. Enquanto nós enxergamos o mundo através da visão, os cães dependem principalmente do olfato para entender o ambiente ao seu redor.

Isso significa que eles são capazes de sentir cheiros imperceptíveis aos nossos narizes humanos. Além disso, a audição dos cães também é muito mais apurada do que a nossa. Eles são capazes de ouvir sons que estão muito distantes ou que são muito agudos para nós.

A comunicação dos cães é baseada em sinais visuais e olfativos. Eles usam sua postura corporal, expressões faciais, cheiros e sons para se comunicarem com outros cães e também com seus tutores. Por isso, para entender o comportamento dos cães, é importante prestar atenção aos sinais que eles estão emitindo.

Compreender os sinais reveladores de que o cão pode estar experimentando problemas neurológicos é crucial para a sua saúde geral. Embora as mudanças no comportamento possam não parecer um problema neurológico, é imperativo que os proprietários de animais prestem atenção a quaisquer mudanças sutis.

O primeiro sinal a ser observado é se o cão começa a cambalear ou tem dificuldade em se equilibrar. Outros sintomas comuns incluem descoordenação, convulsões ou tremores. Se o cachorro apresentar dificuldade em se movimentar, isso pode ser um forte indicador de um problema neurológico.

Se o proprietário detectar qualquer um desses sinais, é importante agendar uma consulta com um veterinário especializado em neurologia o mais rápido possível. Somente um especialista tem a formação e formação necessárias para diagnosticar e tratar problemas neurológicos.

Além disso, se o veterinário determinar que o cão está sofrendo de problemas neurológicos, podem ser necessários exames adicionais, como ressonâncias magnéticas ou tomografias computadorizadas para determinar a gravidade do problema. Em casos mais graves, o veterinário pode prescrever medicação ou até mesmo recomendar cirurgia.

Não subestime os sinais reveladores de um possível problema neurológico. Os animais dependem de seus proprietários para ajudá-los a manter uma boa saúde, e é crucial agir rapidamente se algo parecer fora do normal.

cachorro perdido
cachorro perdido

Por que os cães viram a cabeça

Agora que já entendemos um pouco mais sobre o comportamento dos cães, podemos pensar em algumas razões pelas quais eles costumam virar a cabeça de um lado para o outro. A seguir, vamos ver os motivos mais comuns.

Para obter uma melhor visão:

os cães têm um campo de visão mais limitado do que os humanos. Quando eles viram a cabeça, podem estar tentando enxergar algo que está em seu campo visual periférico. Esse movimento também pode ajudá-los a focalizar em algo específico.

Para mostrar curiosidade:

os cães são animais curiosos e gostam de explorar o mundo ao seu redor. Quando eles estão interessados em algo, podem virar a cabeça como uma forma de demonstrar sua curiosidade.

Para focar em um determinado som ou cheiro:

como mencionamos anteriormente, a audição e o olfato dos cães são muito desenvolvidos. Quando eles percebem algum som ou cheiro interessante, podem virar a cabeça para focalizar melhor nesse sentido.

Para expressar desconforto ou medo

Por fim, os cães também podem virar a cabeça para expressar desconforto ou medo. Se algo está perturbando o cão, ele pode virar a cabeça como um sinal de desconforto. Da mesma forma, se algo o assusta, ele pode virar a cabeça como um sinal de medo.

Quando combinado com outros sinais corporais, como orelhas para trás ou um corpo encolhido, virar a cabeça pode ser um forte indicador de que o cão está se sentindo desconfortável ou com medo.

Em resumo, virar a cabeça é simplesmente um comportamento canino natural que ocorre por várias razões. Entender por que seu cão está virando a cabeça é importante para que você possa garantir que ele está confortável e seguro em seu ambiente.

cachorro se olhando no espelho
cachorro se olhando no espelho

Então, da próxima vez que seu cão virar a cabeça de um lado para o outro, lembre-se de que ele pode estar tentando lhe dizer algo!

Para expressar desconforto ou medo: em alguns casos, os cães podem virar a cabeça como uma forma de expressar desconforto ou medo em relação a algo que está acontecendo.

O que fazer se o cão tem problemas neurológicos

Em alguns casos, o comportamento de virar a cabeça pode estar relacionado a problemas neurológicos nos cães. Se você notar que seu pet está apresentando esse comportamento de forma excessiva ou apresenta outros sinais de problemas neurológicos, é importante buscar ajuda de um veterinário especializado em neurologia. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado podem fazer toda a diferença para a qualidade de vida do seu pet.

Como evitar problemas neurológicos em cães

Prevenir é sempre o melhor remédio. Para evitar problemas neurológicos em cães, é importante tomar alguns cuidados. Mantenha a saúde do cérebro do seu pet em dia, fornecendo uma dieta equilibrada e exercícios físicos e mentais adequados. Evite lesões na cabeça, que podem ser fatais para o cérebro do seu pet. Fique atento aos sinais que o seu cão está emitindo e busque ajuda veterinária sempre que necessário.

Assim como os seres humanos, os cães também podem sofrer de problemas neurológicos que podem prejudicar seu bem-estar geral. Embora os problemas neurológicos possam ocorrer devido a várias razões, é importante lembrar que muitas dessas razões podem ser evitadas por meio de cuidados preventivos apropriados.

Mantenha a saúde do cérebro do seu cão fornecendo uma dieta saudável e equilibrada. Certifique-se de que sua comida seja rica em nutrientes que são essenciais para a saúde do cérebro, como antioxidantes, ácidos graxos ômega-3 e vitaminas do complexo B. Além disso, evite alimentos que possam ser nocivos ao cérebro do seu cão, como aqueles com altos níveis de sódio, conservantes artificiais e corantes.

Outra maneira de manter a saúde do cérebro do seu cão é fornecendo exercícios mentais adequados. Esses exercícios incluem jogos com brinquedos interativos, treinamento de obediência e até mesmo ensinar novos truques. Essas atividades ajudam a estimular o cérebro do seu cão, mantendo-o ativo e saudável.

Evitar lesões na cabeça também é crucial para evitar problemas neurológicos. Por isso, é importante tomar medidas preventivas, como evitar a exposição do seu cão a situações perigosas e incluir barreiras de segurança adequadas em sua casa. Da mesma forma, certifique-se de que o seu cão esteja usando o equipamento de proteção, como capacetes, enquanto estiver participando de atividades que possam colocá-lo em risco.

Lembre-se, a prevenção é sempre a melhor abordagem. Ao manter uma dieta saudável, exercícios mentais adequados e tomar medidas preventivas para evitar lesões na cabeça, você pode ajudar a garantir que seu companheiro canino tenha uma vida feliz e saudável.

Conclusão

Compreender por que os cães viram a cabeça pode levar a uma melhor compreensão da linguagem corporal do seu cão. Considere as possíveis razões por trás do comportamento do seu cão e fique atento a qualquer sinal de problemas neurológicos.

Manter a saúde do cérebro do seu cão é essencial para evitar esses problemas. Cuide bem do seu cão para garantir a felicidade e saúde dele.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *