cachorro filhote novocachorro filhote novo

Quando decidimos ter um cãozinho, a ansiedade em levar um filhote para casa é grande. Mas é preciso ter calma e cuidado para receber adequadamente seu novo companheiro, garantindo sua adaptação de forma saudável e segura.

Esperar o tempo certo é fundamental para o bem-estar do filhote e evitar problemas futuros. Neste blog, vamos explorar a importância de aguardar o tempo ideal para levar um filhote para casa e dar dicas valiosas para recebê-lo da melhor forma possível.

Está pronto para encarar essa jornada emocionante e divertida com seu novo amigo peludo? Então continue a leitura!

cachorro adulto e cachorro filhote
cachorro adulto e cachorro filhote

Importância de esperar o tempo certo

Aspecto psicológico do filhote

É importante entender que o aspecto psicológico do cão é diferente do humano. A mãe e os irmãos da ninhada têm um papel fundamental no desenvolvimento do filhote, pois é através deles que ele aprende a se comunicar e a socializar. Quando um filhote é retirado da mãe e dos irmãos antes do tempo certo, ele pode desenvolver insegurança e problemas comportamentais.

Adaptação do filhote ao novo lar

Além disso, é necessário considerar que o filhote precisa de um tempo de adaptação ao novo lar. O novo ambiente, as novas rotinas e os novos membros da família exigem um período de aprendizado para o filhote, e é preciso que ele se sinta seguro e confiante nesse ambiente. Se ele for retirado da ninhada antes do tempo, essa adaptação pode ser ainda mais difícil e estressante.

Tempo ideal para levar o filhote para casa

Por isso, é recomendado que o filhote seja levado para casa somente após o período de desmame, que ocorre por volta dos 45 dias de vida. Esse tempo é necessário para que o filhote aprenda a se alimentar sozinho e a se socializar com os outros membros da ninhada. Além disso, é importante que o filhote tenha recebido as primeiras vacinas antes de ser levado para casa, para evitar doenças e infecções.

Dicas para receber um filhote

A ansiedade de levar um filhote para casa é grande e, após esperar o tempo certo, finalmente chegou o dia tão esperado. Agora, como recebê-lo em casa?

  1. Leve o filhote durante o dia para casa: Não deixe para buscá-lo à noite e procure chegar cedo em casa com ele. Isso permitirá que o seu companheiro canino se familiarize com o ambiente durante o dia e não fique com medo de chegar em um lugar desconhecido à noite. Além disso, passe o dia inteiro com ele, brinque, alimente-o e mantenha-o no espaço onde ele irá dormir.
  2. Adapte o filhote à sua rotina: Assim como os bebês humanos, os filhotes de cachorro precisam de um acompanhamento especial nos primeiros meses de vida. Visite o médico veterinário e siga as orientações dele para cuidar de seu novo companheiro. Este é o momento de apresentá-lo a todos os estímulos diferentes que puder. Deixe que o filhote se acostume com o ambiente e as pessoas ao seu redor, especialmente a nova família. Isso fará com que o filhote fique mais seguro e confiante na nova rotina.
  3. Apresente o filhote a estímulos diferentes: Entre os estímulos que você deve apresentar ao novo filhote estão pessoas das mais diversas idades, etnias e compleições físicas, bem como sons, como motos, sirenes, ônibus e outros ruídos do ambiente. Permitir que o filhote tenha experiências diferentes durante as atividades diárias é fundamental para que ele se torne um cão equilibrado e saudável mentalmente.
  4. Deixe o filhote se adaptar ao ambiente: É normal que o filhote de cachorro fique um pouco inseguro ao chegar em um novo ambiente. Por isso, permita que ele tenha o tempo necessário para conhecer cada canto da casa e se acostumar aos novos cheiros e rotinas. Muito importante é dar atenção e carinho para o filhote, para que ele se sinta seguro em sua nova casa.
  5. Mantenha o contato com a mãe e a ninhada: Manter contato com a mãe e a ninhada é importante para o filhote. Fortalecer os laços dos filhotes com a mãe a família canina é saudável para o filhote, então mantenha o contato, mesmo que seja por meio de visitas ou vídeos. Isso fará com que seu filhote sinta-se mais seguro e confortável em seu novo lar.

Lembre-se de que o cuidado e carinho são essenciais para que o filhote se adapte rapidamente à nova família. E mais: permita que seu novo companheiro tenha experiências diferentes, mantenha contato com a mãe e a ninhada, respeite o tempo de adaptação e esteja ciente de que as primeiras semanas não serão fáceis, mas serão recompensadoras.

Com essas dicas, estar preparado para a chegada do filhote e cuidar dele será muito mais fácil. Com certeza, será uma ótima experiência!

cachorro filhote
cachorro filhote

Leve o filhote durante o dia para casa

Ao levar o filhote para casa, é importante que isso aconteça durante o dia, para que ele tenha tempo e luz suficientes para conhecer o novo ambiente. É fundamental também que você passe bastante tempo com ele, brincando, alimentando e cuidando dele nesse primeiro momento. Se possível, fique com ele no espaço onde ele irá dormir, para que ele se sinta confortável e seguro.

Adapte o filhote à sua rotina

Assim como os bebês humanos, os filhotes precisam aprender a rotina da casa e a se adaptar a ela. É importante ser consistente nos horários de alimentação, passeio e brincadeiras, para que o filhote saiba o que esperar. Além disso, é fundamental que você o ensine desde cedo quais são as regras da casa, incentivando comportamentos positivos e desestimulando negativos.

Apresente o filhote a estímulos diferentes

Para que o filhote possa se adaptar bem ao novo ambiente, é importante que ele seja exposto a diferentes estímulos, como outros animais, crianças e barulhos diversos. Porém, essas apresentações devem acontecer de forma gradual e controlada, para que o filhote não se sinta sobrecarregado ou assustado.

Deixe o filhote se adaptar ao ambiente

Além disso, é fundamental que o filhote tenha um espaço próprio e confortável para dormir e se sentir seguro. É importante que ele tenha acesso a água fresca e que o ambiente seja mantido limpo e seguro para evitar acidentes e doenças.

cachorro filhote
cachorro filhote

Mantenha o contato com a mãe e a ninhada

Por fim, é importante que você mantenha contato com a mãe e a ninhada para que possa ajudar na hora de adaptar seu cãozinho filhote ao novo lar. Além disso, manter o contato com a mãe e os irmãos pode ser importante para o desenvolvimento do filhote, ajudando-o a se sentir mais seguro e confiante.

Conclusão

Trazer um filhote para casa é um momento de alegria, mas requer responsabilidade. Respeitar o tempo de desenvolvimento, criar um ambiente seguro e amoroso, e seguir as orientações do veterinário são passos essenciais para ajudar o filhote na adaptação à nova rotina. Esteja presente para seu novo companheiro canino, oferecendo-lhe carinho e cuidado durante todo o processo.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *