cachorro agitado

“Como acalmar um cachorro agitado: dicas para tranquilizar seu pet”

Então, você tem um cachorro agitado em casa? Bem, você não está sozinho! A agitação diária desses cãezinhos pode ser motivo de preocupação para muitos tutores, principalmente para aqueles que vivem em apartamentos apertados.

Afinal, ter um furacãozinho canino correndo pela casa pode ser perigoso para a saúde do dog e para a sanidade mental do tutor.

Mas fique tranquilo, porque neste blog vamos te dar algumas dicas para acalmar o seu cachorro agitado. Não se preocupe, não estamos falando de pílulas mágicas ou encantamentos, mas de alternativas práticas e eficazes. Então, vamos resolver essa agitação canina juntos!

Por que os cachorros ficam agitados

Ambientes pequenos e falta de espaço

A primeira razão para o seu cãozinho estar sempre agitado pode ser o tamanho do lugar onde ele vive. Imagine só, você ficar o dia inteiro em um espaço apertadinho, sem poder correr, pular e extravasar toda aquela energia acumulada. Deve ser uma tortura! Não é à toa que eles acabam ficando agitados e estressados. Afinal, quem não ficaria, né?

Reflexo dos sentimentos do tutor

Sabe quando você está super agitado e estressado? Pois é, o seu cachorro também pode refletir esses sentimentos. Eles são seres muito sintonizados com seus tutores e, se você estiver nervoso ou ansioso, eles provavelmente vão se sentir da mesma forma. Então, se acalme! Lembre-se de que você é o exemplo de tranquilidade para o seu peludo.

Cachorro pulando nas pessoas
Cachorro pulando nas pessoas

Condições médicas

Agora, vamos falar de coisas mais sérias. Assim como nós, seres humanos, cachorros também podem ter condições médicas que causam agitação e hiperatividade. Doenças metabólicas associadas à disfunção hepática, hipertireoidismo e condições neurológicas podem fazer com que seu cachorro esteja sempre agitado. Então, se você já tentou de tudo e a agitação continua, é hora de agendar uma visita ao veterinário.

Falta de estímulo físico e mental

Sabe a frase “mente vazia, oficina do diabo”? Então, isso também se aplica aos nossos amigos de quatro patas. Se eles não têm atividades físicas e mentais o suficiente, é claro que vão ficar agitados! Eles precisam gastar energia de forma saudável, seja correndo, brincando ou resolvendo problemas em jogos de inteligência. Se eles não têm essa oportunidade, a agitação é inevitável.

Como acalmar um cachorro agitado

Agora que já entendemos por que os cachorros ficam agitados, chegou a hora de descobrir como acalmá-los. E não, infelizmente não existe uma pílula mágica que faça o seu cãozinho desacelerar instantaneamente. Mas não se preocupe, tem algumas dicas que podem ajudar:

Controlar o próprio estado emocional

Olha só, se você também estiver agitado, é mais difícil acalmar o seu cãozinho. Então, mantenha a calma! Preste atenção nos seus próprios sentimentos e tente relaxar. Se você estiver muito ansioso ou estressado, seu peludo vai sentir e refletir essas emoções. Então, respire fundo e tente estimular uma atmosfera tranquila em casa.

Observar sinais de condições médicas

Se a agitação do seu cachorro persiste mesmo depois de tentar todas as técnicas acima, é hora de buscar ajuda profissional. Às vezes, a agitação pode ser um sintoma de uma condição médica que precisa ser tratada. Então, faça uma visita ao veterinário para descartar ou tratar possíveis problemas de saúde.

Buscar ajuda profissional se necessário

Você pode até ser um mestre Jedi da calma, mas às vezes não é o suficiente para acalmar o seu cãozinho agitado. Nesses casos, buscar ajuda de um profissional em adestramento pode ser a melhor opção. Eles têm técnicas específicas para lidar com a hiperatividade canina e podem te ensinar a trilhar o caminho da tranquilidade com seu peludo.

Cachorro pulando nas pessoas
Cachorro pulando nas pessoas

Treinamento e adestramento com profissionais

Além da ajuda profissional, você também pode adotar práticas de treinamento e adestramento em casa. Comandos básicos, como “senta” e “fica”, são essenciais para o seu cachorro aprender a controlar sua agitação. E não se esqueça de recompensar as atitudes calmas do seu peludo. Ofereça petiscos ou elogie-o sempre que ele estiver tranquilo. Assim, ele vai associar calma a recompensas positivas.

Atenção e interação com o cachorro

Ah, chegou em casa e quer saber como acalmar o seu cachorrinho agitado? Afinal, você já passou o dia todo trabalhando duro para ganhar ração de qualidade e agora só quer relaxar. Mas, calma lá, o seu bichinho também precisa da sua atenção e interação. Não adianta chegar em casa e fingir que ele não existe.

Então, que tal começar oferecendo um pouco de atenção e carinho logo de cara? Mostre para o seu animalzinho que ele é importante para você, afinal, ele é o seu companheiro peludo. Dê aquele afago gostoso, faça carinho na barriga, arranhe atrás da orelha (não a sua, a dele). Ah, e uma boa técnica é usar a famosa “voz de bebê” para falar com o seu cachorro. Pode parecer estranho, mas acredite, funciona. Eles adoram isso.

E que tal criar momentos de interação e brincadeiras? Seu cachorrinho agitado precisa gastar energia de forma saudável e divertida. Você pode brincar de jogar a bolinha para ele buscar, ou até mesmo investir em um brinquedo interativo. Isso vai ajudar a distraí-lo e cansá-lo ao mesmo tempo. E é sempre bom lembrar que, quando ele trouxer a bolinha de volta, faça uma grande festa. Elogie-o como se ele fosse o herói dos heróis. Afinal, ele é o herói da sua vida.

Se você sentir que, mesmo com toda a atenção e brincadeiras, seu cachorro ainda está se sentindo solitário, não hesite em explorar opções de creches caninas. Sim, eu disse creches para cachorros! Acredite, elas existem e podem ser uma excelente opção para proporcionar interação social e bem-estar ao seu companheiro. Lá, ele poderá brincar o dia todo, fazer novas amizades e, quem sabe, até arrumar um(a) namorado(a) peludo(a).

cachorro pulando corda
cachorro pulando corda

Mas lembre-se: a creche canina não é uma desculpa para você se livrar do seu cachorro o dia todo. Ainda assim, é fundamental que você dedique um tempo de qualidade a ele quando chegar em casa. Afinal, a voz de bebê, as bolinhas jogadas e os arranhões atrás da orelha são insubstituíveis. A interação com o seu cachorro é o que fortalece o vínculo entre vocês e traz felicidade para ambas as partes.

Então, agora que você já sabe como acalmar um cachorro agitado oferecendo atenção e interação, coloque em prática essas dicas e veja seu pet mais tranquilo e feliz. Afinal, um cachorro agitado não precisa ser motivo de preocupação. Ele só precisa de um pouquinho do seu tempo e amor.

Estimular a energia e gastar o excesso de energia

Pule como um canguru, corra como um cavalão desembestado, destrua tudo em seu caminho…e, depois disso, ainda terá energia de sobra para brincar por mais algumas horas. Como acalmar um cachorro agitado quando ele está transbordando de energia? Bem, não é tão difícil quanto você imagina. Vamos dar uma olhada em algumas dicas práticas:

Passeios regulares e atividades físicas

Cachorros precisam de exercício, é um fato indiscutível. Se o seu amiguinho peludo é agitado, talvez esteja faltando um pouco de atividade física em sua rotina. Portanto, não seja preguiçoso e dê uma volta com ele! Passeios regulares são fundamentais para liberar o excesso de energia e acalmar os ânimos do seu cãozinho.

Aproveite o tempo fora de casa para explorar novos lugares e permita que ele cheire tudo o que quiser. É como uma versão canina de um passeio turístico, uma oportunidade para ele conhecer o mundo ao seu redor. Além disso, você também pode praticar atividades físicas com ele, como jogar bola ou frisbee. Assim, ele terá a chance de correr, pular e gastar energia de uma maneira divertida.

cachorro pulando corda
cachorro pulando corda

Socializar com outros cachorros

Sabe aquela frase “diga-me com quem andas, que te direi quem és”? Ela também se aplica aos cães. A socialização com outros cachorros é essencial para a saúde mental do seu amigo peludo. Interagir com outros cães é uma forma natural deles aprenderem a se comportar e se comunicar adequadamente. Leve-o para brincadeiras em parques ou encontros com outros cachorros amigáveis.

Deixe-o cheirar, correr e interagir com outros cães. Isso não só ajudará a acalmar o seu peludo agitado, como também o ensinará a respeitar o espaço e os limites dos outros animais.

Proporcionar brincadeiras divertidas

Não há nada melhor do que uma boa sessão de brincadeiras para cansar um cachorro agitado. Use brinquedos interativos, como bolas, cordas ou jogos de inteligência, que estimulem o cérebro do seu cãozinho.

Essas brincadeiras ajudam a gastar energia física e mental, fazendo com que ele se sinta mais calmo e relaxado. Além disso, você também pode criar jogos de busca e esconde pelos cômodos da casa. Faça ele procurar o brinquedo favorito enquanto você o esconde em lugares diferentes. Essa atividade estimula o instinto de caça do cachorro e o deixa mentalmente desafiado, o que ajuda a acalmá-lo.

cachorro comendo comida de natal
cachorro comendo comida de natal

Conclusão

Para acalmar um cachorro agitado, é importante controlar suas próprias emoções e entender que resolver esse problema leva tempo. Observar sinais de condições médicas e buscar ajuda profissional, se necessário, também são passos fundamentais.

O treinamento e adestramento com profissionais podem auxiliar na mudança de comportamento do pet.

Além disso, recompensar atitudes calmas com petiscos ou carinho ajuda a associar momentos de tranquilidade com prêmios.

Oferecer atenção e carinho ao chegar em casa, criar momentos de interação e brincadeiras, além de explorar opções de creches caninas também são formas de acalmar um cachorro agitado.

Passeios regulares, atividades físicas, socialização com outros cachorros e brincadeiras divertidas ajudam a gastar o excesso de energia do pet. Lembre-se, cada cachorro é único, então teste diferentes abordagens para encontrar o que funciona melhor para seu peludo.