cachorro num enterrocachorro num enterro

Cães conseguem detectar pessoas de luto ou em estado terminal?

Os cães são considerados os melhores amigos do homem, já que sua lealdade e amor incondicional são incomparáveis. Acredita-se que os cães têm uma habilidade inata para detectar o estado emocional dos humanos e, em muitos casos, são capazes de fornecer conforto e apoio em situações difíceis.

Este artigo explora a capacidade dos cães de detectar pessoas em luto ou em estado terminal, e como eles respondem a essas situações emocionais.

O que é olfato canino?

Os cães possuem um olfato muito mais desenvolvido do que os humanos, com cerca de 300 milhões de receptores olfatórios em comparação com os nossos 6 milhões. Isso significa que os cães têm um olfato incrivelmente apurado e conseguem distinguir odores em uma concentração de até 1 parte por bilhão. Eles são capazes de discernir diferentes cheiros e detectar nuances em odores que seriam indetectáveis pelos humanos.

dois cachorros
dois cachorros

A ligação emocional entre cães e humanos

A relação entre humanos e cães tem sido estudada há muito tempo, e é evidente que um vínculo emocional forte os une. Acredita-se que a comunicação não-verbal, como contato visual e linguagem corporal, é responsável por essa ligação única.

Cães podem sentir emoções humanas?

Muitos donos de cães acreditam que seus animais de estimação são capazes de entender suas emoções. Estudos mostram que os cães são capazes de reconhecer expressões faciais humanas e respondem de maneira diferente às emoções positivas e negativas. Além disso, há inúmeras histórias de cães que demonstram empatia e confortam seus donos em momentos de tristeza e dor.

Com essas informações, vamos explorar a capacidade dos cães de detectar pessoas em estado emocional sensível, como luto ou doenças terminais.

A capacidade do olfato canino

Antes de mergulharmos na capacidade dos cães de detectar emoções humanas, é essencial entender como funciona o olfato canino. O olfato dos cães é muito mais avançado do que o dos humanos – enquanto temos cerca de 5 milhões de receptores de cheiro, os cães têm mais de 300 milhões. Esses receptores ajudam os cães a detectar odores em concentrações ínfimas, a distinguir entre diferentes odores e a seguir rastros.

Para colocar em perspectiva, imagine que o seu cachorro pode detectar o cheiro de um objeto que está a cerca de um quilômetro de distância, enquanto você só pode sentir o cheiro desse objeto se ele estiver a alguns metros do seu nariz.

A ligação emocional entre cães e humanos:

Os cães têm um vínculo emocional forte com seus donos – eles podem sentir alegria em sua presença e tristeza quando eles estão tristes. De fato, pesquisas mostram que os cães têm a capacidade de detectar mudanças no estado emocional de seus donos com base em pistas sutis, como expressões faciais e tom de voz. Esse vínculo emocional único é o que torna os cães animais de estimação tão populares em todo o mundo.

Cães podem sentir emoções humanas?

Embora haja evidências que sugiram que os cães podem detectar mudanças no estado emocional de seus donos, ainda não há informações claras sobre se eles podem detectar tristeza ou angústia em pessoas em luto ou em estado terminal. A ciência ainda está explorando essa área, mas muitos proprietários de cães relatam que seus animais reagem diferentemente em tais situações.

Os cães possuem um órgão comummente conhecido como “focinho” que é totalmente dedicado ao sentido do olfato – e esse órgão é muito avançado. O nariz dos cães é composto por duas cavidades nasal distintas que contêm uma rica rede de nervos e células receptivas de odores. Quando um cão cheira algo, o ar carregado de odores é levado para essas cavidades nasais e começa a interagir com os receptores de odores no nariz. Esses receptores são capazes de distinguir entre diferentes odores e até mesmo identificar misturas complexas de odores.

dois cachorros
dois cachorros

Como os cães percebem odores?

Os cães não percebem os odores como seres humanos – enquanto nós sentimos um “cheiro”, os cães sentem uma mistura de infinitamente pequenas partículas odoríficas que flutuam no ar. Com seus receptores de odores avançados, os cães são capazes de distinguir entre diferentes concentrações dessas partículas para determinar o que estão cheirando. Eles também podem seguir um rastro odorífero, detectando onde um odor é mais forte e seguindo-o até a sua fonte.

Por que o olfato canino é tão importante para os cães?

O olfato é crucial para os cães em várias tarefas, como detectar presas, identificar amigos ou inimigos e encontrar o caminho de casa. Para muitas raças de cães, o sentido do olfato é mais importante do que a visão ou audição. De fato, os cães são capazes de seguir rastros que foram deixados há horas ou mesmo dias, usando seu sentido do olfato apurado.

Cães e morte

Os cães podem detectar doenças? Cães podem detectar a morte? A resposta para ambas as perguntas é sim. De facto, há muitos exemplos de casos em que os cães conseguem detetar doenças ou a morte.

Os cães têm o instinto natural de serem protetores dos seus donos. Quando um dono está doente, o cão é frequentemente visto ao lado do seu dono, a tentar confortá-lo. Há também casos em que os cães conseguem detetar o cancro através de odores que são específicos para a doença. Embora existam muitas perguntas ainda sem resposta acerca da deteção de doenças caninas, acredita-se que o seu sentido de olfato excepcional possui um papel importante.

Quanto à sua capacidade de detetar a morte, os cães podem sentir a morte iminente dos seus proprietários. Há muitos casos de cães que sentem a morte iminente dos seus donos e ficam ao seu lado até o fim. Um exemplo famoso é o da cachorrinha Hachiko, que esperou pacientemente pelo seu dono na estação, mesmo depois da morte deste.

Compreendendo o comportamento dos cães

Perder um ente querido é uma das experiências mais difíceis que um ser humano pode enfrentar. É natural que, em tempos de luto, procuremos conforto naqueles que nos amam. É comum ouvir histórias de cães que teriam ajudado seus donos a lidar com a dor da perda de um ente querido.

Mas como os cães realmente processam a morte? Como os cães reagem à morte de seus companheiros humanos? Cães são animais altamente emotivos e têm a capacidade de sentir nossas emoções. Então, quando estamos tristes ou deprimidos, nossos cães também podem sentir isso. Eles podem se tornar mais apegados a nós e passar mais tempo nos acompanhando. Alguns cães podem até tentar consolar seus donos por meio de gestos como lamber o rosto ou deitar no colo.

criança com cachorro
criança com cachorro

No entanto, a forma como um cão reage à morte de um companheiro humano dependerá em grande parte do relacionamento que ele tinha com essa pessoa e da personalidade do animal. Alguns cães podem parecer ignorar a morte de um proprietário e seguir em frente rapidamente, enquanto outros podem passar por um período de luto prolongado.

Como os cães reagem à morte de seus companheiros caninos?

Quando se trata da morte de um companheiro canino, a reação dos cães é muitas vezes mais aparente. Eles também podem passar por um período de luto, mostrando sinais de tristeza, como perda de apetite, alterações no comportamento e vocalização excessiva. O cão pode ficar mais apegado a outros membros da família ou tentar encontrar conforto em objetos pessoais, como uma coleira ou um brinquedo favorito.

Alguns especialistas afirmam que os cães são capazes de entender a morte, ou pelo menos a ausência de um ente querido. Como resultado, eles podem sentir dor durante o processo de luto. É importante ajudar os cães a passar por esse período, oferecendo-lhes conforto e apoio emocional.

A ligação emocional entre humanos e cães é forte e pode ser profundamente benéfica para ambas as espécies. Compreender como os cães processam a morte pode nos ajudar a lidar melhor com nossos próprios sentimentos de luto e oferecer suporte emocional aos nossos amigos de quatro patas quando eles mais precisam.

Os benefícios do convívio com cães

Cães não são apenas animais de estimação; eles podem ser verdadeiros companheiros. Evidências mostram que os cães têm a habilidade de trazer conforto, alegria e ajuda emocional para pessoas em estado terminal e lidando com situações difíceis.

Terapia assistida por animais é uma forma de tratamento em que os cães são usados como parte do processo terapêutico. Esta abordagem ajuda os pacientes a superar questões emocionais e físicas, assim como ansiedade e depressão. A simples presença de um cão pode ter um efeito calmante, reduzindo o estresse e melhorando a disposição geral do paciente.

Além disso, cães são frequentemente treinados para ajudar as pessoas com deficiências físicas e mentais. Cães de serviço podem auxiliar cadeirantes, alertar pessoas com epilepsia quando está chegando uma crise ou mesmo ajudar pessoas com déficit de atenção.

Animais de estimação que confortam pacientes terminais também podem proporcionar benefícios. Companhia de um cão pode ajudar as pessoas a lidar com a solidão e ansiedade durante um momento difícil. A interação com animais pode reduzir a pressão arterial, melhorar a respiração, e até mesmo diminuir a necessidade de medicamentos sedativos.

O convívio com cães pode trazer benefícios emocionais e físicos imensuráveis para pessoas que enfrentam doenças terminais ou passando por momentos difíceis. A terapia assistida por animais e companhias de animais de estimação são apenas duas maneiras de o convívio com cães ajudar a trazer felicidade em momentos difíceis.

zeus dogue alemão
zeus dogue alemão

Conclusão

Os cães têm um senso de olfato que é muito mais poderoso do que os humanos. Eles podem perceber odores que são um milhão de vezes mais fracos do que os humanos podem detectar.

Essa habilidade incrível é devido ao fato de que a parte do cérebro dos cães que é responsável pela interpretação dos sinais olfatórios é muito maior em comparação com a dos humanos.

É essa incrível capacidade de olfato que tem levantado várias questões, incluindo a capacidade dos cães de detectar pessoas de luto ou em estado terminal.

Embora ainda não tenhamos certeza se os cães podem realmente farejar a morte ou a tristeza, os cientistas conduziram várias pesquisas que mostram que os cães podem detectar mudanças hormonais e químicas no corpo humano.

Essas mudanças podem ocorrer quando uma pessoa adoece ou quando está passando por uma situação emocional difícil.

Portanto, não é muito surpreendente que haja histórias de cães que detectam doenças e alertam seus donos sobre elas ou que confortam e apoiam aqueles que estão em momentos difíceis.

O comportamento dos cães em torno da morte de seus companheiros humanos ou caninos também tem sido objeto de estudos e observações.

Descobriu-se que vários fatores, incluindo a natureza do vínculo entre o cão e o falecido, influenciam como os cães reagem à morte.

Alguns cães tornam-se apáticos e inativos, enquanto outros continuam a procurar por seu amigo canino perdido. Alguns cães também mostram sinais de ansiedade e comportamentos obsessivos após a morte de um membro da família.

No entanto, apesar das informações ainda conflitantes, há muitas evidências de que o convívio com cãesz tem muitos benefícios para a saúde mental e emocional humana.

Os cães têm sido usados em terapias assistidas por animais em hospitais e asilos para confortar pacientes terminais e reduzir seus níveis de estresse e ansiedade. T

ambém há muitos relatos de animais de estimação que fornecem um nível de apoio emocional e alívio para aqueles que estão passando por situações difíceis em suas vidas.

Em geral, embora possamos não ter todas as respostas, é claro que a relação entre cães e humanos é uma conexão emocional forte que pode trazer muitos benefícios mútuos. Nós somos sortudos por ter esses animais incríveis em nossas vidas e devemos aproveitá-los ao máximo.

By Prof.ª Dr.ª Kelly Cristine de Sousa Pontes

Pós-doutora em Medicina, na área de Oftalmologia e Oncologia, pela Leiden University – Holanda e Doutora em Cirúrgicas e Anestésicas Aplicadas aos Animais, pela Universidade Federal de Viçosa

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *